Clique na imagem e venha nos visitar no Facebook.
 


Semana 915 - 15 de novembro, 2014 

Colunistas - CooJornal

Francisco Simões: Oh vida, oh céus
Enéas Athanazio: Registro fiel de uma amizade
Pedro Franco: Adriana Calcanhoto
Viegas Fernandes da Costa: As cidades dos meus olhos
Ana Luiza Libânio: Daniel: um coração
Carlos Trigueiro: Os vários Carlos (entrevista a Oleg Almeida)
Sheila Sacks: Em Roma, uma sinagoga entre catedrais
Silas Correa Leite: As letras... as letras... as letras...
Sonia Alcalde: Persistência
W.J. Solha: Enigma Du Bois



Doce Veneno

Frituras, gorduras e alimentos industrializados. A lista de produtos que aumentam o colesterol e causam doenças cardiovasculares é extensa e não para de crescer. E cientistas americanos fazem mais uma restrição: o açúcar. Eles garantem que a melhor maneira de reduzir o colesterol e perder peso é eliminar este alimento da dieta. Médicos brasileiros, porém, não concordam totalmente com a teoria dos americanos e afirmam que o consumo de gordura é mais prejudicial que o de açúcar, principalmente para quem precisa emagrecer. Mas outros especialistas em nutrição classificam o açúcar como um vício destrutivo.

Continue a ler...





OUTUBRO ROSA
é importante sempre lembrar!



Remonta à última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e, desde então, promovida anualmente na cidade (www.komen.org).

Em 1997, entidades das cidades de Yuba e Lodi nos Estados Unidos, começaram efetivamente a comemorar e fomentar ações voltadas à prevenção do câncer de mama, denominando-as como Outubro Rosa. Todas ações eram e são até hoje direcionadas à conscientização da prevenção pelo diagnóstico precoce. Para sensibilizar a população, inicialmente, as cidades se enfeitavam com os laços rosas, principalmente nos locais públicos, depois surgiram outras ações como corridas, desfile de modas com sobreviventes (de câncer de mama), partidas de boliche e etc. (www.pink-october.org).

A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes, teatros etc. surgiu posteriormente, e não há uma informação oficial de como, quando e onde foi efetuada a primeira iluminação. Mas foi uma forma prática para que o Outubro Rosa tivesse uma expansão cada vez mais abrangente para a população e que, principalmente, pudesse ser replicada em qualquer lugar, bastando apenas adequar a iluminação já existente.

A popularidade do Outubro Rosa alcançou o mundo de forma bonita, elegante e feminina, motivando e unindo diversos povos em torno de tão nobre causa. Isso faz que a iluminação em rosa assuma importante papel, pois tornou-se uma leitura visual, compreendida em qualquer lugar no mundo.

Sua participação faz a diferença! Tadeu Miranda, fotógrafo de Salvador, aderiu à campanha com belíssimas fotos!

 
 
 









 

Arquivos de Consulta

[Astronomia]   [Boca Boa]   [Comunidade Judaica]   [Convento de Santo Antonio]   [CooJornal]
  [Expressão Poética]   [Feliz Idade]   [Jardinagem]   [O Rio é Lindo]   [Rospo]   [Vida Saudável]   [Você Sabia?]



 

APOIE A CULTURA. COMO?