HISTÓRICO
DO CONVENTO
SANTO ANTÔNIO

500 ANOS
DE BRASIL

   

INÍCIOS DA ORDEM FRANCISCANA NO BRASIL


O Convento de Santo Antônio do Rio de Janeiro foi fundado e é mantido até hoje pela Ordem dos Frades Menores (Franciscanos), que está intimamente unida à Historia do Brasil desde o dia do seu descobrimento.

Em 1500, Frei Henrique de Coimbra, que acompanhou a expedição de Pedro Álvares Cabral, celebrou a primeira Missa em terras do Brasil.

Em 1516, desembarcaram em Porto Seguro dois Franciscanos com o propósito de cristianizar os índios. Mas depois de terem batizado algunsTupiniquim, foram trucidados pelos índios pagãos.

Em 1548, vieram dois Franciscanos da Itália. Um deles afogou-se ao atravessar um rio. O outro voltou para o país de origem.

Em 1558, o irmão leigo Frei Pedro Palácios, de nacionalidade espanhola, aportou em Vila Velha do Espírito Santo, onde levou uma vida de eremita, entremeada com excursões missionárias entre os índios e fundou a Igreja de Nossa Senhora da Penha no Espírito Santo.

Em 1577, o Governador de Pernambuco Jorge de Albuquerque Coelho, tendo tomado conhecimento dos serviços que Frei Álvaro da Purificação, da Província de Santo Antônio dos Currais, desenvolvia em sua Capitania, pediu à Província que mandasse mais frades. O pedido, porém, só foi atendido depois de intervenção direta do Ministro Geral, Frei Francisco Gonzaga. Aos 12 de abril de 1585 desembarcaram no Recife os sete primeiros frades que, com mais outros que vieram em seguida, lançaram os fundamentos para as duas províncias Franciscanas: a de Santo Antônio do Norte e a da Imaculada Conceição de Nossa Senhora, no sul.

 
 
     
     
  Rio Total