DATAS HISTÓRICAS DO CONVENTO DE SANTO ANTÔNIO

 

 

1608 -  (4 de junho) Lançamento da pedra fundamental.

1620 -  Inauguração oficial do Convento. Começa a assistência aos pobres.

1670 - Os frades começam a dar assistência religiosa aos “recôncavos da cidade” (atual “Baixada Fluminense”).

1683 - Já consta nas Crônicas da cidade a pregação da Trezena de Santo Antônio.

1710 - Invasão francesa. A população e 600 soldados se aquartelam no Morro de Santo Antônio. A estátua do Santo é levada à frente das tropas que repelem os invasores, sendo nomeado “Capitão de Infantaria”.

1747 - Morre Frei Fabiano de Cristo de Cristo, em fama de santidade. Seus restos mortais repousam no Convento.

1776 - Criação de uma Universidade com 13 Cadeiras, no Convento.

1791 - Tiradentes ter-se-ia abrigado no Convento.

1808 - A Corte e o Imperador Dom Pedro I costumavam almoçar no Convento, uma vez por ano, “servindo-se da mesma comida e usando os mesmos talheres dos frades”.

1810 - Santo Antônio é promovido a “Sargento-mór de Infantaria”.

1814 - Santo Antônio é promovido a “Tenente-Coronel”. A imagem de Santo Antônio foi condecorada pelo Príncipe-Regente Dom João VI, com a Grã-Cruz da Ordem de Cristo.

1817 - Morre e é enterrado no Convento o Primeiro Núncio Apostólico do Brasil.

1821 - Dom Pedro I é convencido, no Convento, a permanecer no Brasil. Daqui sai para o “Dia do Fico”.

1910 - Primeira grande restauração do Convento.

1911 - Tentativa de expulsão dos frades e seqüestro do Convento. Este é salvo pelo povo do Rio de Janeiro. Instala-se a luz no Convento.

1937 - Inauguração do Mausoléu que abriga os cinco filhos dos Imperadores Dom Pedro I e Dom Pedro II.

1953 - Segunda grande restauração do Convento.

1954 - Construção do túnel que dá acesso aos elevadores.

1984 - Início da terceira grande restauração do Convento.

1995 - Lançamento, no Convento, do selo comemorativo aos 800 anos do nascimento de Santo Antônio.

* * *

 
 
              
    Esta página é parte integrante da Revista Rio Total