A  CAPELA DO “ECCE HOMO”

A capela do “Ecce Homo”, Senhor Bom Jesus dos Aflitos, foi construída por ordem de Frei Eusébio da Expectação, Provincial de 1677 a 1681.

Das sete capelas do Claustro duas já não existem. A primeira a desaparecer foi a da Sagrada Família, instalada em 1774 pelo síndico Antônio Gonçalves de Oliveira. Destruíram-na os soldados aquartelados no Convento. Sobrou somente o vão vazio que serve agora para depósito.

A segunda que desapareceu foi a do “Ecce Homo” ou Bom Jesus, durante a reforma do Convento nos anos de 1920 a 1926. O altar apresentava-se irrecuperável. Por isso foi desmontado e a imagem transladada para a capela lateral da Igreja, onde se encontra até hoje.

 

Frei Albano Marciniszyn, O.F.M.

(Continua)

 
 
     
  Rio Total