I

INVASÕES FRANCESAS

Arquivo do Convento



Em 19 de setembro de 1710, os franceses, capitaneados por Duclerc, invadiram a cidade do Rio de Janeiro. Houve batalhas ferozes, das quais resultaram muitos feridos que vieram parar na enfermaria do Convento, ali sendo atendidos pelos frades. Dois frades distinguiram-se por bravura. Infelizmente os seus nomes não foram anotados.

No ano seguinte aportaram no Rio novamente os navios franceses com Duguay Trouin. Durante os combates de 12 para 13 de setembro de 1711, muitos dos habitantes da cidade refugiaram-se no Convento. As forças inimigas venceram, invadiram o Convento e saquearam-no, roubando ou destruindo o que não puderam carregar. Mas a vitória foi efêmera. De Minas Gerais desceu o General Antônio de Albuquerque Coelho, entrou em luta e repeliu os invasores. Estabeleceu o quartel-general no Convento e permaneceu nele até que flutuasse a bandeira de Portugal em todas as fortalezas.


Frei Albano Marciniszyn, O.F.M.

(Continua)

 
 
     
  Rio Total