Ano 11 - Semana 548

 



 

 10 de novembro de 2007
---

Um Brinde à Saúde


vinho de ervas
Elixir da saúde, antioxidante, relaxante, o vinho sempre esteve presente na vida do homem, em rituais sagrados, nas conquistas amorosas, nas comemorações, na confecção de cosméticos ou simplesmente em um brinde a vida.

As propriedades da uva junto aos princípios ativos das ervas fazem a alquimia – um fitoterápico que inebria, alivia dores e tensões. Ao seu alcance, artesanal e único.

Conheça os princípios ativos de algumas ervas, use de criatividade e confeccione sua poção mágica.

Alguns Princípios Ativos de Ervas

Alecrim
Antidepressivo, estimulante da memória, diurético, combate exaustão física e intelectual.

Bardana
Antiinflamatório, ideal para enfermidades do fígado, furúnculos, tumores, queda de cabelo.

Boldo
Digestivo, ideal para enfermidades do fígado, pâncreas, vesícula.

Camomila
Indicada para problemas estomacais, má digestão, stress.

Canela
Estimulante.

Capim Santo
Combate insônia, ansiedade, hipertensão, atua como calmante.

Erva Cidreira
Combate insônia, auxilia no tratamento de Mal de Parkinson, atua como calmante.

Eucalipto
Expectorante, ideal no tratamento de rinite alérgica e bronquite.

Hortelã
Indicada como vermífugo e auxiliar digestivo.

Losna
Indicada para distúrbios digestivos.

Maçã
Atua como calmante, antiinsônia.

Sálvia
Tônico mental, digestivo, auxiliar na menopausa. É indicada para pressão alta, edemas, diabetes.


Confecção do Vinho


• Vinho de Alecrim: Estimulante (também da memória), antidepressivo, digestivo.

vinho de ervasPreparo:
Macere 50g de alecrim fresco. Lave bem os galhinhos e coloque dentro do vinho, de preferência um branco suave. Envolva a garrafa com saco preto e deixe por oito dias em um lugar escuro, se possível debaixo da terra. Após este período, o elixir está pronto para ser consumido.

Se a erva for pequena, coe com um pano dobrado e guarde o vinho em uma garrafa escura. Dessa maneira, mesmo se o período de consumo for extenso, os princípios ativos serão preservados.

Modo de usar:
Tome uma taça pequena ou um cálice antes das principais refeições.


• Vinho de Sálvia: Indicado para diabetes.


• Vinho de Capim Santo ou Cidreira: Atua como calmante, anti-insônia, anti-ansiolítico, combate a hipertensão.


• Vinho de Semente de Bardana: Indicado no tratamento de inflamação do nervo ciático.



OBS: O procedimento sempre é o mesmo. Dependendo do quadro usa-se a erva, como opcional podemos usar o vinho tinto seco ou suave de boa qualidade ou mesmo o vinho do porto.
É aconselhável tomar uma taça pequena ou um cálice antes das principais refeições, podendo-se associar chá da mesma erva três vezes ao dia. Um punhado de ervas é o suficiente.



 

Sueli Marini
Sócia-proprietária da Clínica Movimento Corporal, Educadora Física,
Pós-Graduada em Fitoterapia e Fisioterapia na Estética.