Ano 11 - Semana 576




 

 

   12 de abril, 2008
---

Whisky, Whiskey e Wysgi
Qual a diferença?


A denominação whisky é exclusiva daqueles que são destilados na Escócia. Nenhum uísque produzido fora deste país pode legalmente receber o nome de "whisky". Por isso, uísques dos Estados Unidos e da Irlanda são rotulados como "whiskey". Este sistema de escrita é similar ao champagne - que são os espumantes produzidos apenas na região de Champagne, na França, e os outros devem ser chamados de espumante.
Voltando ao uísque, há exceções. A versão de Gales do uísque é chamada de "wysgi". O nome evoluiu da língua gaélica: uisge beatha (água da vida). (Outros países também possuem suas "águas da vida", veja o Akvavit dinamarquês, derivado do latim aqua vitae). O whisky escocês, é Scotch - o uísque do  estado-unidense Kentucky é chamado de Bourbon.

CARACTERÍSTICAS
O Uísque é considerado a mais nobre das bebidas destiladas devido a seu sabor peculiar, à sensação de bem estar que provoca e pelas características de sua produção. Seus ingredientes básicos são a cevada e o centeio dos quais é produzido um xarope básico chamado de malte. A partir dele, ocorre o processo de destilação no qual ele é misturado com água. Após a destilação ocorre o processo de filtragem e por último o de envelhecimento.

Cada parte do processo possui características próprias, dependendo da região na qual o uísque é produzido. Considerada como originária da Escócia, a bebida das "hihglands" (terras altas) ganhou notoriedade internacional. Além da qualidade dos grãos e da técnica aprimorada ao longo dos anos, o uísque escocês utiliza duas características especiais. A primeira é a água das altas montanhas (highlands) com formulação química que ajuda a destacar o sabor e a qualidade da bebida. A segunda é a utilização de filtros de trufas naturais que precisam ser escavadas do solo das montanhas e são responsáveis pelo sabor inigualável e característico dos legítimos "scoths".

A BEBIDA É VENDIDA EM VARIADOS ESTILOS
Puro malte (ou Pure Malt) são feitos 100% com cereais maltados proveniente de uma única destilação e, por isso mesmo, pode apresentar sabores diversos de acordo com cada processo. Os grãos usados para obter "Puro Malte" incluem cevada na Irlanda, Escócia, Canadá e Estados Unidos, centeio no Canadá e Estados Unidos. Pure pot still whiskey é feito na Irlanda a partir de uma combinação de cevada maltada e não-maltada. Vários tipos de straight whiskey, que é envelhecido em barris de carvalho novos, como Ray Whiskey, Tennessee whiskey e Bourbon whiskey são produzidos nos Estados Unidos.

Os "Puro Malte" podem ser engarrafados como "Single Malt" no qual apenas uma destilação é utilizada ou como "Vated" no qual várias destilações "single malt" são misturadas para se conseguir o produto final. Entre os apreciadores é comum afirmar que o "single malt" é um músico solista se apresentando, enquanto o "vated" é toda a orquestra tocando junta.

Blended é feito com uma mistura de destilações diversas calibradas de forma a se chegar sempre a um mesmo sabor para aquele uísque, sendo muito mais barato do que os acima mencionados. Nestes uísques ocorre uma mistura de maltes puros com destilações feitas a partir de outros cereais não maltados como o milho e o arroz.

Os Blends identificam quase sempre o tipo de uísque que está na base da sua produção, por exemplo, Escocês blendado, Canadense blendado ou Bourbon blendado. Whiskey leve é um tipo de whiskey americano feito quase inteiramente de destilações neutras, com pequenas quantidades (normalmente menos de 5-10% do volume total) de straight whiskey e com ginja adicionada para dar cor e sabor.

No caso do 'whisky', o tempo mínimo de envelhecimento em barris de carvalho é de oito anos. Uma vez a bebida engarrafada o processo de envelhecimento é interrompido.

Anteriormente a maior parte do whiskey produzido nos Estados Unidos era engarrafado "in Bond", de acordo com os termos de um Ato do Congresso de 1898; esta prática foi largamente abandonada, visto que um dos requisitos do Ato era que o dito whiskey fosse produzido com 50% de álcool por volume. Pouco whiskey tão forte é produzido atualmente nos Estados Unidos, em parte porque o gosto dos consumidores mudou mas também porque um conteúdo alcoólico tão elevado é ilegal em muitos países, o que limitaria a exportação do produto.

CONSUMO
Os uísques Single Malt e Vated devem ser bebidos puro, gelados ou não. Já os do tipo Blend podem ser bebidos puro, com água ou gelo, ou ainda misturado a outras bebidas tais como soda, "Rye & Coke" ou "Rye & Ginger Ale".


 



Direção e Editoria
Irene Serra