Ano 11 - Semana 535


  Chá de gengibre

 



 

          30 de junho, 2007
---

Gengibre
(especiaria oriental)


gengibre - especiaria orientalApesar de sua pouca utilização no preparo de refeições diárias e habituais, o gengibre é uma especiaria (tempero ou condimento) muito conhecida há mais de dois mil anos e trazida ao Brasil pelos holandeses, segundo as pesquisas.

Culturalmente ele pode ser usado como ingrediente do famoso quentão apreciado durante as festas juninas e em alguns produtos farmacêuticos e de confeitaria. Em outros países sua utilização se estende à fabricação de bebidas alcoólicas como cerveja e licor. Podemos encontrá-lo ainda em conservas tornando-as mais ardida ou picante, como também na formulação do curry.

Dizem os pesquisadores que os árabes fazem uso do gengibre como afrodisíaco e expectorante, muito embora não seja ele indicado para as pessoas que apresentam gastrite, úlceras gástrica ou duodenal ou qualquer outra irritação similar no tecido da mucosa que reveste todo o nosso trato digestivo e absortivo, incluindo aqui, boca, esôfago, estômago e intestinos. Excetuando estas implicações o gengibre auxilia no aumento da atividade do cérebro, na atividade dos órgãos respiratórios prevenindo ou auxiliando o tratamento da rouquidão e bronquites e ainda nos casos onde se perceba elevada formação de bolhas gasosas pelo intestino grosso conhecidas por nós como gases, cólicas ou flatulência.

Do gengibre podemos fazer infusões no preparo de chás ou solução para gargarejo. Em algumas farmácias ou lojas de produtos naturais encontramos o gengibre na forma de pastilhas e xaropes. Normalmente obtemos o pó do gengibre em supermercados, neste caso como especiaria culinária.

O clima desta estação torna mais propício o uso do gengibre por ser ele um condimento picante e ardido. Em alguns casos, sempre com orientação do profissional médico ou nutricionista, aconselha-se usá-lo no preparo de algumas refeições como substituto do sal de cozinha, o que nos permite acentuar o paladar dos alimentos oferecidos aos hipertensos ou àqueles em tratamento de disfunções renais. Isso não significa restringir seu uso.

“Nutricionalmente” falando, o gengibre é fonte de cálcio, manganês, selênio e zinco, e das vitaminas niacina, vitamina B6 e vitamina C. Notem que o uso em excesso pode ser prejudicial à saúde, o correto é usá-lo em poucas quantidades. Para quem imaginou o gengibre na prevenção da osteoporose é mais prudente lembrar que o alimento rico em cálcio, indiscutivelmente o mais apropriado, é o leite e seus derivados. Isto é regra 1.

Vamos às dicas?

Por apresentar um aroma picante é aconselhável usarmos o gengibre no preparo de carnes e em molhos para as massas. Vejam como é fácil: Filé de peixe (de sua preferência), gengibre, alho e óleo para grelhar. Pronto!

Outra dica adaptada por mim é a do consultor em gastronomia Luiz Cintra, o chá.


Chá tônico de Gengibre

Ingredientes:
• 100 g de gengibre
• cascas de um abacaxi pequeno
• casca de uma laranja
• 1 pau de canela
• 2 litros de água
• gelo a gosto


Modo de preparar:

Lave bem as cascas da laranja e do abacaxi e pique-as grosseiramente. Descasque o gengibre e corte em fatias finas. Coloque em uma peneira e lave rapidamente em água corrente. Preferindo use o pó do gengibre colocando-o na panela com as cascas após o cozimento.

Coloque em uma panela o gengibre com meio litro de água e o cozinhe lentamente. Acrescente as cascas de laranja e abacaxi e o pau de canela, misture bem e despeje o restante da água. Cozinhe por cerca de 20 minutos em fogo bem baixo.

Apague o fogo e deixe esfriar. Encha uma jarra com gelo e cubra com o chá. Preferindo, pode-se também servir quente. Em ambos o caso adoce a gosto (adoçante ou açúcar refinado, ou ainda açúcar mascavo).


OBS - Substitua as cascas pelas polpas das frutas, caso seja de sua preferência.

  

   Andréa Abdala Frank
Nutricionista,
 Prof. do Instituto de Nutrição UFRJ 

 

 




Direção e Editoria - Irene Serra