Ano 13 - Semana 666


 


 

 


 

       09  de janeiro, 2010
---

Abobrinha


Abobrinha italianaA abobrinha, ou courgette (Cucurbita pepo L.) é um fruto pertencente à família cucurbitáceas, assim como a melancia, o melão, o pepino e a moranga. Costuma-se colher ainda verde e, quando deixado na planta, o fruto se desenvolve até formar a abóbora madura.

Originou-se no continente americano, do Peru até sul dos Estados Unidos. É um fruto de fácil digestão, rico em niacina, além de ser fonte de vitaminas do complexo B (que ajudam no desenvolvimento e crescimento) e possuir poucas calorias. Contém fósforo e cálcio (que participam da formação de ossos e dentes, evitam a fadiga mental e ajudam na transmissão dos impulsos nervosos), ferro (que forma os glóbulos vermelhos do sangue e produz energia) e celulose (importante para o bom funcionamento das funções intestinais), além de pequenas quantidades de vitamina A (importante à visão e à pele).
Abobrinha menina

Os dois tipos de abobrinha mais comuns no mercado brasileiro são: a abobrinha tipo menina, que tem o fruto com pescoço e a tipo italiana, com o fruto alongado sem pescoço.
As cores vão do verde bem claro, quase branco, até verde médio com faixas de cor verde mais escuro. Em alguns mercados, pode-se encontrar fruto de cor amarelo forte e uniforme, que não deve ser confundido com o fruto verde amarelecendo por estar velho.


Dicas para consumo e conservação
Escolha os frutos firmes, com a casca de cor brilhante, sem rachaduras, partes escuras ou amolecidas, pois, como são muito sensíveis, apodrecem rapidamente nas partes machucadas. Escolha-os com cuidado, sem apertá-los ou danificá-los com as unhas e compre-os por último evitando que sejam amassados pelos demais produtos no fundo do carrinho.
As abobrinhas devem ter no máximo 20 cm de comprimento. Quando menores são mais tenras e saborosas.
Quando já picada e embalada em filme de plástico deve obrigatoriamente estar em expositor refrigerado. Preste atenção no prazo de validade e não compre se houver formação de líquido amarelado no fundo da embalagem, o que indica que o fruto está começando a se deteriorar.

Prefira comprar frutos com o cabinho, pois eles se conservarão por mais tempo e compre somente a quantidade necessária para consumir logo, pois a abobrinha se estraga rapidamente, ficando murcha, com a casca sem brilho ou apodrecendo.
Quando em condição natural, os frutos devem ser mantidos em local fresco e sombreado, por até 2 dias, sendo que na época seca do ano este tempo pode ser ainda menor.
Na geladeira, podem ser conservadas por no máximo 5 dias. Coloque os frutos sem lavá-los dentro de saquinhos de plástico, na gaveta inferior da geladeira. Se preferir lavá-los antes de guardar, não se esqueça de secá-los com papel toalha ou com um pano limpo. Se houver formação de gotículas de água dentro da embalagem, recomenda-se perfurá-la com um garfo.
Para congelar, lave bem os frutos, seque-os e corte-os em rodelas ou cubos. Coloque os pedaços sobre uma bandeja ou vasilha aberta e leve-os ao congelador até que endureçam. Em seguida, coloque os pedaços congelados em sacos ou vasilhas de plástico rígido e retorne-os ao congelador. Para descongelar, coloque-a em água fervente ou descongele durante o preparo do prato, conforme a receita.


Dicas culinárias

Quando for preparar, evite descascar a abobrinha. No máximo raspe a casca com uma faca. Pequenos ferimentos na casca, sem apodrecimento, não comprometem sua utilização. Remova a parte ferida com faca e utilize o restante. Os frutos são consumidos com as sementes quando estas estão bem pequenas e macias.

Esse tipo de legume deve ser cozido no máximo por 10 a 15 minutos, sem acrescentar água, pois a própria água da abobrinha é suficiente para cozinhá-la, sendo que ela fica mais saborosa e mais nutritiva quando mais consistente.
Coloque água apenas
na preparação de sopas e caldos.

Incremente o sabor do macarrão acrescentado pequenos pedaços de abobrinha cozida ao molho.

Os seguintes temperos combinam com a abobrinha: alho, cebola, pimenta, cebolinha verde, azeite, limão, vinagre, gergelim, manjericão.

A abobrinha é bastante empregada em saladas, refogados, suflês, frita à milanesa, recheada com outras hortaliças, queijo, ovos cozidos ou qualquer tipo de carne. E é excelente nas papinhas dos bebês, por sua consistência e fácil digestão.

Cem gramas de abobrinha fornecem média de 20 calorias.

Quando a abobrinha está bem nova e pequena, pode ser servida crua e ralada em salada ou com patês à base de ricota, maionese ou requeijão cremoso.


Época de plantio e safra (no Brasil)
Seu período de safra vai de outubro a maio.

Como a abobrinha não tolera temperaturas baixas, a época ideal de plantio é de agosto a março, podendo ser plantada o ano todo em regiões de clima quente ou ameno.
A propagação é feita pela semeadura direta, utilizando-se de 3-4 sementes por cova com 4-5 cm de profundidade.
Apresenta vigoroso crescimento vegetativo em moitas, de forma que o espaçamento entre elas deve ser de 1,5 x 1m.
A colheita inicia-se aos 40-50 dias após o plantio, quando os frutos atingirem cerca de 20-22 cm de comprimento e 4-5cm de diâmetro, sendo os frutos verdes, verde-claros e tenros.
Recomenda-se fazer 2 apanhas por semana.


Se for plantar em vaso, você precisa de:
Vaso 40 x 40 cm  (1 para cada duas plantas)
Perlita  (quantidade necessária)
Terra preta ou húmus quantidade necessária
Sementes de abobrinha (6 a 8 por vaso)
 
Passos
1 - Misture partes iguais de terra preta e perlita para manter o substrato poroso e rico em nutrientes.
2 - O vaso deve ter um furo no fundo para permitir a drenagem necessária.
3 - Encha o vaso com a mistura. Faça dois pequenos buracos equidistantes no centro e coloque de três a quatro sementes em cada um.
4 - Cubra as sementes com um pouco da mistura. As sementes devem ficar a uma profundidade três vezes maior do que o seu tamanho.
5 - Regue abundantemente e mantenha o substrato úmido durante todo o ciclo de crescimento da planta.
6 - Depois de dois meses as plantas terão a primeira floração, darão os primeiros frutos e entre os três e cinco meses as abobrinhas mudarão de cor e a casca endurecerá.
7 - Colha os frutos quando eles já estiverem com a cor e a consistência de uma abobrinha madura. Corte-os deixando um pedúnculo de 2 a 3 cm.
 

 

 




Direção e Editoria - Irene Serra