Ano 15 - Semana 783
 

Os doces conventuais sur- gem e/ou são aprimora-dos no século XVI devido à grande oferta de açúcar, especiarias e gemas que seriam desperdiçadas, já que as claras eram usa-das para engomar roupas.
Os mosteiros e conventos muitas vezes serviam co-mo hospedarias para fa-mílias nobres e reais e es-tes comensais deveriam ser servidos com o que houvesse de mais caro, nobre e requintado.
Aí surgem o açúcar e os ovos na gastronomia: o açúcar como um produto importado,  quase restrito às elites; e as gemas, pois nos conventos havia grande  disponibilidade de ovos e não dependiam de les para saciar a fome.
Pudim de leite, pão-de-ló, arroz doce, barriga-de-freira, ambrosia, suspiros, ovos nevados (farófias) e cornucópias, são exem-plos, entre tantos, de doces conventuais.




 

       20 de abril, 2012
---

 

Ovos Nevados com Canela

ovos nevados com canela, riototal
Ingredientes:
- 1 litro de leite
- 6 ovos
- 1 lata de leite condensado
- 1 colher (sopa) de amido de milho
- baunilha a gosto
- canela em pó para polvilhar


Modo de preparar:
Coloque o leite para ferver adoçado a gosto.
À parte, bata as claras em neve firme. Em seguida mergulhe as colheradas de claras em neve no leite. Tire logo depois de cozidas com o auxílio de uma escumadeira e coloque em outro pirex.
Com os ovos já passados no leite quente e virados, misture naquele leite que sobrou o leite condensado, as gemas passadas pela peneira e o amido de milho, levando ao fogo até engrossar. Por último acrescente a baunilha.
O creme é colocado sobre os ovos nevados e polvilhado com canela em pó.

 

 

 

 




Direção e Editoria - Irene Serra