Ano 11 - Semana 594







 

 

   15 de agosto, 2008
---

Coelho Agridoce



Ingredientes para 6 pessoas:
- 1,8kg de carne de coelho
- 2 cebolas grandes picadas
- 2 cenouras picadas
- 2 colheres de sopa de salsa picada
- 2 copos de vinho tinto
- farinha de trigo, quanto baste
- 1/2 copo de vinagre
- 1 colher de sopa de cravos-da-índia
- 4 cubinhos de caldo de carne
- 2 colheres de sopa de açúcar
- 1 colher de sopa de pimenta em grão
- 100g de uva-passa
- 100g de nozes


Modo de preparar:
Tempere a carne com sal e pimenta-do-reino, massageando bem, e deixe-a numa tigela funda até o dia seguinte.
Coloque o vinho numa caçarola e acrescente a cebola picada, cravos, a pimenta em grão, a salsinha e os cubinhos de caldo de carne. Leve a caçarola ao fogo e deixe esquentar bem, sem ferver. Em seguida, derrame tudo na tigela sobre o coelho e deixe temperar mais ainda por algumas horas.

Coloque um pouco de azeite na caçarola, deixe aquecer bem em fogo forte e refogue nele a segunda cebola e, em seguida, as cenouras picadas. Retire os pedaços de coelho da tigela, deixe escorrer, passe um por um pela farinha de trigo e coloque para refogar na tigela.
Quando todos os pedaços já estiverem na caçarola, bronzeados homogeneamente pelo calor forte, vá juntando colheradas do vinho com o qual a carne foi temperada.

Quando todo o vinho tiver sido consumido, acrescente água quente até que toda a carne fique coberta e deixe cozinhar em fogo lento, com a panela tampada, por 20 minutos. Passado esse tempo, a água devera ter tomado uma coloração marrom-escura e se adensado. Se não adensou, deixe por mais um pouco no fogo. Se preferir, com uma colher de metal, retire a gordura que eventualmente tiver se formado na superfície do molho.

Em outra caçarola menor, leve o açúcar ao fogo e deixe derreter e caramelar. Em seguida, despeje o vinagre sobre ele e mexa com uma colher de pau para que se dissolva. Adicione as uvas-passas previamente umedecidas em vinho e as nozes picadas. Derrame tudo na caçarola maior onde se encontra a carne, mexa bem para integrar, deixe ferver lentíssimo por mais alguns minutos, retire do fogo e leve à mesa.


Pode parecer a nós brasileiros que é, mas não é uma receita chinesa.




Direção e Editoria
Irene Serra