Ano 14 - Semana 728
 

De origem lombarda, a colomba pascal está presente há muito tempo em finais de almoço de Páscoa italianos.

A história conta que um rei lombardo chamado Alboino, furioso com a extrema resistência militar imposta pela cidade de Pavia, somente acalmou-se e abandonou seus propósitos de vingança ao ganhar de um padeiro da cidade rival um pão doce em forma de colomba (pomba, em italiano), que representava a paz.

Com sabor suave e um preparo mais delicado, a colomba pascal tradicional diferencia-se do panetone pela presença mais acen-tuada de casca de laranja cristalizada - que substitui as uvas passas - e por conter mais manteiga e ovos.
Em versões mais incre-mentadas, o doce é co-berto com glacê crocante colorido ou com uma camada de amêndoas (tradicional) e chocolate aromatizado, em deco-rações sofisticadas e muito sugestivas.




 

 

      26 de março, 2011
---

Colomba Pascal
 



Ingredientes da massa:
- 3 tabletes de fermento biológico fresco
- 1 xícara de açúcar
- 1 pitada de sal
- 1 xícara de água
- 4 gemas
- 1 xícara de manteiga
- 5 xícaras de farinha de trigo
- essência de panetone
- 1 ½ xícara de gotas de chocolate ao leite


Ingredientes da cobertura:
- 1 xícara de farinha de rosca
- 1 xícara de açúcar
- 4 claras
- 1 xícara de castanha de caju triturada
- essência de amêndoa


Modo de preparar a massa:
Em um bowl, coloque o fermento, sal e 1 colher de açúcar. Misture.
Acrescente a água, as gemas, a manteiga, o resto do açúcar, a farinha e a essência. Misture bem.
Abra a massa e coloque o chocolate.  Enrole e coloque em uma forma de colomba.
Deixe descansar por 20 minutos.


Modo de preparar a cobertura:

Misture a farinha de rosca, o açúcar, as claras em neve, a castanha de caju e a essência em uma tigela e depois cubra a colomba.
Leve para assar em forno pré-aquecido a 180°C por 40 minutos.
 

Edu Guedes





Direção e Editoria - Irene Serra