Leon Frejda Szklarowsky
    

HOMENAGEM A ISRAEL
ISRAEL 50 ANOS

A vida é o bem mais precioso do ser humano, 
mas a vida sem liberdade não tem qualquer significado, nem dignidade.

       

A Embaixada do Estado de Israel abre seus amplos salões iluminados, para celebrar a independência do povo de Israel, que, galhardamente, constrói uma nação de bravos.

É uma noite de luzes e gala, o vinte e nove de abril.

Sua Excelência, o Embaixador, DR. YAACOV KEINAN e a senhora Embaixatriz, e todo o corpo diplomático, com extrema fidalguia e carinho, recebem os numerosos convivas, que engalanam a residência oficial.

Toda sociedade está presente. Ministros, parlamentares, magistrados, militares, diplomatas, jornalistas e membros da florescente comunidade comungam-se todos e, numa espontânea exaltação, cantam e dançam músicas de Israel, com vibrante alegria, rompendo o protocolo e esquecendo-se do tempo.

O tempo deixa de existir.

O espaço deixa de existir.

A natureza é sábia e bela. Dotou o homem da capacidade absoluta de dominar as situações infinitamente adversas. Os Livros Sagrados provam-no, com exemplos que superam as expectativas. Eis aí o grande mistério, que o homem é incapaz de desvendar. Por que estamos aqui? O que fazemos? Com certeza, o homem tem uma missão a cumprir. Nada existe por acaso. Do contrário, nada teria sentido. Negar alguma coisa é admitir sua existência, porque absurdo é negar o nada.

E Israel aqui está para demonstrar o que podem fazer uma nação heróica e um povo destemido!

E a eternidade do homem, na Terra, traduz-se pelo que ele faz, marcando sua passagem, de forma inolvidável e soberba, quando se trata de seres humanos predestinados aos grandes feitos.

E Israel aqui está para demonstrar o que podem fazer uma nação heróica e um povo destemido!

Eis ISRAEL, na data de sua independência, de sua venturosa trajetória, de seu renascimento, quando completa 50 anos de heróica batalha, contra tudo e contra todos, cada vez mais forte, varonil e pujante, com seu povo juvenil e espírito indomável, criando o sabra,, desperto e inquebrantável, naquele chão de Abrahão, Isaac e Jacó, naquele pedacinho de terra do passado bíblico, de tantos feitos e de história vivida, do presente de tantas glórias e do futuro de esperanças, que HERZL tão majestosamente previu contra a incredulidade de seu próprio povo e de todos que o rodeavam.

Da utopia à realidade.

Do holocausto à vida.

Da tristeza à alegria.

Do torpor à esperança.

Da guerra à paz.

Choros e sorrisos se mesclam.

Sentimento e razão se misturam.

ISRAEL é, hoje, o exemplo vivo do que pode um povo sofrido, humilhado, perseguido, por séculos e séculos, mas que nunca perdeu sua dignidade e fé e jamais se deixou abater, nem lutar por sua liberdade e vida.

ISRAEL aqui está.

Seu povo, altivo e livre.

Sua história de gigantes se repetindo.

A agonia do sofrimento dando lugar à alegria de uma vida livre, na terra dos seus e para os seus.

Não pense, pois, que o céu distante nao vê, com suas luzes cintilantes e ardentes, que Israel caminha, faceira e ereta, para o futuro imbatível.

Que o Grande Arquiteto do Universo derrame sua bênção sobre o Estado de Israel e toda humanidade, conhecendo a paz e a prosperidade.

CONGRATULAÇÕES AO ESTADO DE ISRAEL E AO POVO DE ISRAEL QUE SE COBRE DE FESTA.

CONGRATULAÇÕES AO POVO JUDEU.

CONGRATULAÇÕES AO SENHOR EMBAIXADOR E À SENHORA EMBAIXATRIZ.


Leon Frejda Szklarowsky.:
Subprocurador - Geral da Fazenda Nacional ap.
Diretor do Instituto Histórico e Geográfico do Distrito Federal




Editoria e Direção
IRENE SERRA
irene@riototal.com.br