Clique na imagem e venha nos
visitar no Facebook.
Rio de Janeiro, 01 de junho, 2020 - Edição nº 1.175


Colunistas  

Carlos Trigueiro
O MUNDO ATRAVÉS DA JANELA  
Comento o que passa, pode passar, já passou, não passará. Janela virtual que enquadra o espaço, arredonda passagens, embarca o tempo, salta estações, retira bagagem: entre as minhas imagens imorredouras estão as janelas.

Ronaldo Werneck
A residência das rugas
Cachaça, Cartola e Cavaquinho. Foi num bamboleio de embriaguez e delicadeza, na musicalidade e malemolência dos compassos surgidos desse soberbo trio de criadores que o samba-no-pé desceu da Mangueira e evoluiu pela cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.

Pedro Franco
Fuja de ser classificado de brega

A primeira dificuldade é classificar o que é brega. Talvez cafona. Que é cafona? Não é ultrapassado, sem gosto, ou popular em excesso e sairíamos por muitas vertentes e sem definir bem. O brega costuma ser algo espalhafatoso, caudaloso, pouco literário, ou duvidoso no geral.

Francisco Simões
TRISTE REALIDADE
Não caio, nunca caí e jamais cairei na loucura que vejo nas ruas ou mesmo dentro de casa com pessoas que não sabem passar poucos minutos sem consultar o que se passa nas tais redes sociais. Estas podem até ser muito úteis, mas quando bem usadas, não no exagero...

Enéas Athanázio
MAIS QUE UMA GUERRA
Torres Pereira, radicado em Chapecó, viveu uma experiência rara. Nascido em Lisboa, onde residia, foi convocado, ainda muito jovem, para integrar a força expedicionária enviada à África para combater os rebeldes na guerra de independência de Moçambique. o.

Carol Campos
Minha zona de conforto ou conforto na minha zona
Criando novos hábitos, deletando projetos, adiando sonhos, buscando apoio até nos lugares onde não existe a menor possibilidade da gente se apoiar nesse momento: no outro. E assim chego onde quero chegar. O outro está como nós.

Bhuvi Libanio
Qual é a letra do seu Amor?
Há pelo menos duas palavras que jamais deveriam ser usadas em uma mesma construção linguística: o substantivo Amor e o adjetivo proibido. Juntos, esses termos não fazem sentido. A natureza do ser humano é o Amor. É de lá que viemos.

Milton Ximenes
TRÊS FATIAS DE PERU
Era representante de produtos farmacêuticos em regiões fluminenses e vizinhas à capital. Naquele lugarejo, o médico que ainda faltava visitar era o Dr. Maciel. Não o encontrando, resolveu se acomodar num botequim próximo, disposto mesmo a...





 Arquivo dos Colunistas

Affonso Romano de Sant'Anna
Airo Zamoner (i.m.)
Ângela Maieski
Alberto Cohen
Antonio Carlos Fester
Antonio Prata
Antonio Nahud
Antonio Sergio Mendonça
Arlete Moreira dos Reis
Artur da Távola (i.m.)
Bhuvi Libanio
Bruno Kampel
Carlos Trigueiro
Carol Campos
Chico Alencar
Cissa de Oliveira
Eduardo Fares (i.m.)
Fábio Lau

Enéas Athanázio
Flávio Barreto
Francisco Simões
Frei Betto
Giselle Serra
Helga Szmuk (i.m.)
Irene V.M. Serra
Isabel Vasconcellos
Jacqueline Bulos
Jorge Elias Neto
Lílian Maial
Luiz Carlos Amorim
Luiz Carlos G. Guedes
Marciano Vasques (i.m.)
Marcos Antonio de Azevedo
Maria de Fátima B. Michels
Milton Ximenes Lima

Müller Barone
Nilza Amaral
Norma Bruno
Odete Ronchi Baltazar
Pedro Franco
Renzo Sansoni
Rica Perrone
Ricardo Kotcho
Roberto Vieira Machado
Ronaldo Werneck
Rosa Pena
Rui Martins
Sarita Barros
Sheila Sacks
Sonia Alcalde
Ulisses Tavares
Viegas Fernandes da Costa
W. J. Solha


Arquivos Especiais

Breviário dos políticos
Contos Brasileiros

Contos Franceses
Crônicas de Sempre

Entrevistas
Expressão Poética
Guardiões do Saber -  Jung
Guardiões do Saber -  Lacan

Imortais
Memória do Esporte
Opinião Acadêmica
Repórter