01/05/2016
Ano 19 - Número 982



ARQUIVO
ANTONIO CARLOS FESTER






Venha nos
visitar no Facebook


 

Antonio Carlos Fester



Mais um doutor honoris causa no Juca Pato



Em 2016, a Ordem Dominicana está completando 800 anos de fundação. Em 1514, “o mais revolucionário de todos os dominicanos da história da América Latina, frei Bartolomeu de las Casas”, proferiu o célebre Sermão do Arrependimento. Lecionando desde esta época, em 1728 os dominicanos fundaram a Universidade de Havana. Em 12 de outubro de 2015, frei Betto recebeu o título de Doutor Honoris Causa, com um discurso do qual retirei os dados acima e transcrevo uma das frases: “A razão inicial de minha alegria é que, após 173 anos, é a primeira vez que um frade dominicano retorna aos quadros desta Universidade. E em pleno socialismo cubano”.

São 35 anos de trabalho de frei Betto em Cuba, atendendo ao carisma da ordem dos pregadores de dialogar com todas e quaisquer religiões ou ideologias, e do qual sou testemunha privilegiada. Quando fui a Cuba em 88, seu livro “Fidel e a Religião” (1ª edição em 1985), ocupava todas as vitrines de livrarias e a distensão entre Igreja e Estado ainda estava em curso. Quando João Paulo II foi a Cuba em 1998, escrevi uma carta aberta ao frade, publicada no jornal O São Paulo, lembrando que a visita papal era fruto também do seu trabalho, embora ninguém falasse nisso.

Parcimônia maior do que a da grande mídia este ano ao informar que Fidel presenteou o Papa Francisco com um exemplar do livro, o qual será reeditado ainda este ano pela Cia das Letras, assim como “Cartas da Prisão”, publicadas primeiro no exterior e que lançaram o frade na carreira literária. Do livro das cartas, Alceu Amoroso Lima afirmou representar “um dos mais altos documentos de autenticidade humana e de beleza literária que jamais se escreveram no Brasil”.

Entre seus amigos mais próximos, corre a piada de que frei Betto teria um grupo de fradinhos confinados no porão para escreverem. Pois afinal, este homem de 71 anos não para, presta assessorias, faz palestras e dá cursos por todo o mundo, escreve artigos semanais e ainda se faz sempre presente junto aos amigos nas horas necessárias, conseguindo ser autor de mais de 50 livros, fruto de uma disciplina adquirida no convento e nas prisões, que o leva a reservar dias (alternados), no total de um terço do ano, só para escrever.

São lançamentos recentes títulos como “Fome de Deus” (Paralela, 2013), “O que a vida me ensinou”(Saraiva, 2013), “Reinventar a vida”(Vozes, 2014), “Oito vias para ser feliz – Introdução às bem-aventuranças do evangelho (Planeta, 2014) e “Um Deus muito humano – Um novo olhar sobre Jesus (Fontanar, 2015).

Frei Betto colaborou para o livro “O Cardeal da Resistência – As muitas vidas de dom Paulo Evaristo Arns”, que Ricardo Carvalho organizou e o Instituto Vladmir Herzog publicou em 2013, numa iniciativa de Clarice Herzog em homenagear o Cardeal. Tem um texto também em “Dom Paulo Evaristo Cardeal Arns – Pastor das Periferias, dos Pobres e da Justiça”, organizado pelo prof. Waldir More e pelo padre Antonio Marchioni (pe. Ticão), recém editado.

Levei o discurso do frade em Havana ao Cardeal Arns, dias atrás. Ele abriu seu largo sorriso ao recebê-lo e mandou um abraço ao amigo, na alegria de saber que são pessoas como eles que mantêm a minha fé na humanidade. Anexo foto de visita ao Cardeal, de 4 anos atrás, com Antonio Candido e Betto, três laureados com o Juca Pato, o prêmio concedido pela UBE - União Brasileira de Escritores, três doutores honoris causa em direitos humanos.


- Comentários sobre o texto  podem ser enviados, diretamente, a antoniofester@uol.com.br

(1º de maio/2016)
CooJornal nº 982



Antonio Carlos Fester é mestre em Letras pela USP, escritor, palestrante.
Membro da União Brasileira de Escritores é autor de Justiça e Paz – Memórias da Comissão de São Paulo (Loyola, 2005) e coautor de O Cardeal da Resistência – As muitas vidas de dom Paulo Evaristo Arns (Ricardo Carvalho org, SP, Instituto W. Herzog, 2013), entre outros.
- Conheça um pouco mais de Antonio Carlos Fester,aqui.



Direitos Reservados
É proibida a reprodução deste artigo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do autor.