01/0910/2019
Ano 22 - Número 1.095


 

Seja um
"Amigo da Cultura"

ARQUIVO AMORIM

Luiz Carlos Amorim
em Expressão Poética

Venha nos
visitar no Facebook


 

Luiz Carlos Amorim



TRIBUTO A UMA LEITORA
 

Luiz Carlos Amorim, colunista - CooJornal

Escrever e ter o feedback do leitor é muito importante. A gente, o escritor, pode ser exigente, crítico com o que escreve, mas quem vai dizer se sua obra é boa ou não é o leitor. Atualmente, é mais fácil ter esse retorno do nosso leitor, porque a internet facilita muito isso, em tempo real. A pessoa leu alguma coisa nossa e pode, em seguida, colocar um post no Face, mandar mensagem pelo Whatsapp, no Tweeter, no Messenger, etc. Então é muito bom saber se a gente está no caminho certo, saber se o público está gostando ou não do que a gente está produzindo. E mesmo que a opinião seja contrária, que a crítica não seja boa, isso pode nos ajudar, porque pode nos apontar o que estamos fazendo que não está agradando, o que temos que fazer para melhorar o nosso fazer literário.

Graças a Deus, tenho recebido bastante o retorno do leitor, me dando conhecimento de que alguns leitores estão se agradando de meus poemas, minhas crônicas, meus contos. Mas tem uma leitora que é o diferencial, que faz valer a pena escrever, mais do que os tantos leitores que me contatam para dizer que minha obra identificou-se com eles, lhes transmitiu uma mensagem, uma emoção, um sentimento, os quais agradeço, também, de coração.

Ela se chama Marilúcia Medeiros, é minha professora de inglês e é uma criatura doce e divertida, sempre de bom humor, sempre sorrindo, sempre jogando a gente pro alto. Ela faz questão de me dizer, sempre, que leu mais um poema meu, mais uma crônica, que gostou, que recriou uma emoção contida no meu poema, que o poema ou minha crônica lhe disse algo, que o poema mexeu com os seus sentimentos.

Estar com ela já é uma bênção, pois ela é aquela pessoa com uma aura boa, que emana serenidade, alegria, paz. E ouvir dela que leu o meu texto ou o meu poema – só o fato de ter lido já vale muito – e que gostou, que leu de novo e que lerá outra vez, pois ele lhe fala direto ao coração, não tem preço. Isso é a suprema recompensa por praticar a nossa humilde lavra, de uma pessoa que tem poesia nos olhos, na alma, no coração.

Obrigado, professora Marilúcia, por fazer feliz esse poeta aprendiz da vida. O mundo não seria o mesmo sem a senhora, sem a pessoa humana e sensível fantástica que é. Rendo, com essa pequena crônica, a minha homenagem a alguém que valoriza tanto meu trabalho, que eu sei que é simples, pois tenho muito a aprender. A senhora me faz sentir um escritor de verdade. Mesmo que eu não o seja.



Luiz Carlos Amorim,
escritor, poeta e editor
Coordenador do Grupo Literário A ILHA
Http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br 
lc.amorim@ig.com.br
www.riototal.com.br/escritores-poetas/expoentes-037.htm
www.riototal.com.br/expressao-poetica/luizcarlos_amorim.htm
Http://luizcarlosamorim.blogspot.com
Florianópolis, SC


Direitos Reservados