ARQUIVO
FÁTIMA DE LAGUNA

 

Maria de Fátima Barreto Michels

 



Maria de Fátima Barreto Michels, a Fátima de Laguna, é escritora, poetisa
e especial na arte de fotografar.


"Teço crônicas, poemas e contos reciclando tiras de pano, barbante, papel celofane e gravetos de bambu que recolho pela praia de Laguna onde vivo. São construtos a partir de relatos confidenciais de restos de pandorgas que plenas de sonhos um dia, entregaram-se ao vento nordeste ou de sul, em vôos e piruetas, incentivadas por manobras de mãos de pequenos meninos, ou meninos grandes. Pipas aquelas que exaustas de prazer, morreram disso." ( Fatima de Laguna)

Aqui,  uma foto de autoria da Fátima, Hibiscus rosa-sinensis na cor branca, que tem na varanda de sua casa, na praia de Laguna, em Santa Catarina.
"São minhas flores muito amadas."

 

O poente em Molhes da Barra, Laguna, clicado com maestria por Fátima.

 

Conhecendo um de seus poemas:

Bolhinhas de Sabão

Quão leves são!
E bem coloridas faço trezentas
já num minuto!
Mas pelo espaço,
elas se vão...
E se houver brisa
da bem suave,
até viajam um bocadinho
mas tais bolhinhas são como eu:
Deixam de ser...
bem ligeirinho
Tudo é igual aqui no mundo
a uma bolhinha bem delicada
Não se demore
Não se distraia
apenas olhe e se permita
Seja bem leve e compreenda:
Ser bolhinha?
é nossa lida!
E estar humano, é tão ligeiro
Nosso destino? Ser meteoro!
É tão depressa que a gente brilha
É num repente,
que a gente finda.
E por ser tão breve
esta nossa vida,
use seu tempo só pra me olhar
dizendo sempre que me assoprar
Linda! linda!
Ela é tão liiiinnnnnnnda!
 

***************
 

Ma.de Fátima Barreto Michels _ LAGUNA –S.C.


 


Maria de Fátima Barreto Michels,
escritora
Laguna, SC
fbarreto@bizz.com.br