13/06/2009
Ano 12 - Número 636



ARQUIVO

REPÓRTER

Consultoria de RH revela o que seduz empresas e dá dicas para êxito na busca de emprego


Fernando Montero da Costa



Qual o modelo de currículo ideal? Como devo me portar em uma entrevista? O que preciso ter e fazer para seduzir o empregador e conquistar uma vaga?
Para quem está em busca de uma colocação ou reposição no mercado, estas são dúvidas constantes.

A Human Brasil, multinacional espanhola especialista na Seleção de Talentos, Formação, Desenvolvimento e Consultoria Estratégica de Pessoas nas Organizações, desvenda esse mistério, revela o que as empresas estão buscando e dá dicas para os candidatos.

“Na Human temos um observatório privilegiado daquilo que nos pedem as empresas empregadoras e, em geral, elas buscam formações diversas, competências completas e conhecimentos de idiomas. Há casos em que não é exigida experiência”, explica Fernando Montero da Costa, Diretor de Operações da Human Brasil.

Ainda de acordo com o especialista, as corporações também têm expectativa com relação a quatro características nos candidatos: segurança, solidariedade, sabedoria e sorriso.

Veja algumas dicas práticas de Fernando Montero da Costa para se alcançar o sucesso na busca de emprego:

Dedique mais tempo de reflexão sobre seu futuro, questionando sobre onde você deseja estar e ao que quer se dedicar pelo resto da vida.

As principais decisões que te afetam estão em suas mãos. Eleja a atitude que deseja ante a vida e a forma de gerenciar as decisões que te afetam.

Não saber para onde ir é a melhor maneira de se chegar a lugar nenhum, salvo se a “sorte” te fizer chegar a um bom destino. Se você não dirigir o teu destino, outras pessoas o farão por você.

Elabore bem seu C.V. e deixe (pessoalmente e online) nas organizações que você tenha definido como “objetivo” e nas empresas de Recrutamento e Seleção de Pessoal que tenham credibilidade.

Aprenda a ler os jornais/revistas especializadas de “outra maneira”, destacando os nomes de diretores, sites, necessidades futuras, etc.

Utilize sua rede de contatos (networking).

Explore as oportunidades de emprego disponíveis na Internet (site das empresas que você tenha selecionado, por exemplo).

“Todas essas iniciativas não costumam ter nenhum custo ao profissional. Portanto, cautela e cuidado com os oportunistas e exploradores que cobram pela ‘venda de vagas de emprego’”, avisa Fernando Montero da Costa, da Human Brasil.