01/08/2021
Ano 24
Número 1.232



ARQUIVO SIMÕES

Francisco Simões
em Expressão Poética

Venha nos
visitar no Facebook

 

Francisco Simões



ANTES SÓ QUE...



Francisco Simões, colunista - CooJornal



Por favor, gente amiga, não discordem do título antes de ler este meu texto, por inteiro. Verão que nem tudo é como às vezes nos parece...

Em verdade eu não consigo viver só, de forma alguma. Quando eu era mais jovem e tive a primeira separação no casamento me vi de repente sozinho numa cidade estranha que era o Rio de Janeiro e tendo que dormir num pequeno quarto de empregada onde nem cama havia, só um pequeno sofá que eu tinha que usar como cama.

Antes eu tinha tudo em Belém na casa de meus pais no bairro do Marco então foi um choque bem grande, porém uma decisão de vida que eu tive que tomar naquele momento. Nunca, repito, nunca, jamais eu comuniquei a minha família em Belém do Pará a situação bastante aflitiva que eu estava passando. Chorei só.

Assumi tudo sozinho, mesmo, e não achei justo dividir meu sofrimento com meus pais. Afinal eu já era maior e a decisão de casar e depois separar fora toda minha. Não iria faze-los sofrer junto comigo aquilo no que eu era apenas o atingido e que tomara a iniciativa mais triste, mas necessária naquele momento.

Hoje é fácil alguém me julgar e achar que eu é que era mole ou coisa parecida, mas duvido que alguém tivesse reação diferente da minha naquela solidão mais triste que a própria tristeza.

Hoje com 85 anos de vida e três casamentos, além de ter dois lindos netos e uma neta que vive em São Paulo, vou seguindo a vida. Claro que nem tudo são flores, ou mesmo alegria. Há sempre os dias melhores e os dias piores. Se isto não acontece com todo mundo pelo menos comigo tem acontecido.

Eu digo acima já estar com 85 anos, mas em verdade eu os completo agora no dia 17/Agosto. Nasci no ano de 1936.

Talvez alguns que costumam me ler não estejam entendendo bem porque eu digo desta forma como acima o faço. O fato é que caminhando e muito nesta vida eu confesso que se não vi tudo, ou não soube de tudo, o fato é que muito do que existe por aí eu vivi, ou aprendi, ou posso afirmar até que fui vítima eventual de algo.

Não se assustem afinal numa vida longa como a que estou vivendo não posso dizer que tudo sejam flores, isso não. Todavia também não posso afirmar que tenho sido vítima de fatos ou situações nem sempre bem compreendidas. Vamos com calma.

Digo sem medo de errar que se há alguns seres quase perfeitos, porém nem todo mundo é santo, não mesmo, e digo isto ciente do que afirmo e sem medo de errar. Quem se julgar superior, ou acima de problemas e defeitos - digo que se existem seres assim -, estão no que nós crentes acreditamos, ou seja, no céu.

Sei que alguns já devem estar a se perguntar o motivo deste texto que estou ainda escrevendo, e eu respondo que senti necessidade de o fazer sem medo de ser feliz.

Reafirmo que não sou e nem nunca me julguei santo, muito menos estudando em Colégio de Irmãos Maristas, da Igreja Católica. Embora poucas pessoas que conheci nesta longa vida pelo fato de serem muito religiosas de frequentarem muito a igreja parece que se sentem superiores embora a própria Bíblia não lhes confira este título, de forma alguma.

Então gente boa, por favor, perdoem meus eventuais pecados, e devo tê-los cometido bastante como quase todo mundo. Pecadores somos, mas condenados por isto jamais.

Se alguns podem entender o que digo completando o que está no título... “Antes só do que mal acompanhado”, garanto-lhes que eu jamais diria isto, ou jamais afirmaria tal coisa, com certeza.

Se o ditado está correto sua aplicação na nossa vida é que eu me permito discordar, e discordar mesmo, pois jamais pensei em viver só, sem companhia, sem ter um casamento mesmo sabendo que isto implica em aceitar as virtudes e eventuais defeitos da outra pessoa, virtudes e defeitos que todos temos.


Comentários sobre o texto podem ser enviados diretamente ao autor, no email fm.simoes@terra.com.br






Francisco Simões
escritor, poeta, fotógrafo (expositor), ex-radialista
Rio de Janeiro
Conheça um pouco mais de Francisco Simões
http://www.riototal.com.br/escritores-poetas/expoentes-021.htm
http://www.riototal.com.br/expressao-poetica/francisco_simoes.htm
http://www.fm-simoes.com.br



Direitos Reservados
É proibida a reprodução deste artigo em qualquer meio de comunicação eletrônico ou impresso sem autorização do autor.