15/2/2017
Ano 20 - Número 1.017

 

ARQUIVO SIMÕES

Francisco Simões
em Expressão Poética

Venha nos
visitar no Facebook

 

Francisco Simões


A VIVO É MUITO É VIVA

 

Francisco Simões, colunista - CooJornal



Até hoje eu não aderi a esses aparelhos modernos chamados de smartphones, creio eu, que têm internet e muito mais, continuo usando meu antigo, mas simpático celular bem pequeno, da SAMSUNG, que ainda tem tampa e que uso apenas para falar e ouvir. Quero dizer que faço uso dele realmente como telefone apenas, ou pretendia fazê-lo.

Eu o comprei há uns 10 anos. Queria e quero mesmo algo apenas para numa eventualidade telefonar para alguém e ouvir resposta, apenas isto. Não pretendo mergulhar na paranoia dessa gente que anda na rua parecendo autômatos, sem olhar para lado algum sem conversar com ninguém, apenas mirando e dedilhando os tais aparelhos modernos. Não quero isto pra mim.

Esclarecendo digo que meu pequeno aparelho da SAMSUNG é modelo SGH – C506. Eu o comprei numa loja da VIVO aqui em Cabo Frio como todos os de nossa família. Eles têm os celulares moderninhos e assim quando vêm cá em casa muitas das vezes até sentam à mesa e olham apenas para seus aparelhos. Não gosto disso, mas vou levando.

Ocorre que um dia descobri que quando eu coloco carga no meu celular de repente ela desaparece e eles me avisam que minha carga é zero ou perto disto. Comecei a perceber que as mensagens, e muitas, que a VIVO me manda constantemente tem a ver com isto. Por exemplo eles viviam a me debitar determinado valor por me terem inscrito num tal curso KANTOO de idiomas que eu nunca solicitei.

Era um tal de entrar mensagens absurdas com perguntas idiotas sobre como se diz isto ou aquilo em inglês ou em espanhol. De tanto em tanto período eles novamente me reinscreviam no tal curso. Percebi também que viviam, ou ainda vivem, a me debitar 9,90 reais por semana por tantos “megas de internet”. Repito internet que não tenho naquele celular antigo e eles sabem disso. Certo dia eu decidi entrar no site da VIVO e fazer minhas denúncias contra verdadeiros “assaltos” às cargas de meu celular.

Aproveitei e me queixei também do tal curso KANTOO. O fato é que além das muitas e inúteis mensagens que eles jogam às dezenas na minha caixa de entrada que me levam semanalmente grande parte das cargas que eu coloco no antigo celular, passaram também a me responder via e-mail, conforme eu apresentara a VIVO minhas denúncias.

A partir da primeira mensagem que me mandaram muito educada, mas nada consertando, passei a receber outras a seguir. Cada vez era um funcionário ou funcionária da VIVO que me escrevia garantindo que já estavam retirando o que eu não queria e o que eu não poderia ter, como pacote de internet num, repito, pequeno celular antigo que não aceita tal recurso.

Até quando começo a escrever esta crônica já me chegaram 7 mensagens sempre enviadas por funcionário diferente. Passei a escrever-lhes “entrando de sola” visto que o desrespeito, o “assalto” mal disfarçado às minhas cargas continuavam. O curso foi encerrado, é verdade, mas até o momento continuam a entrar mensagens perguntando se “eu desejo saber o saldo do meu pacote de internet”. Absurdo dos absurdos da VIVO.

Agora mesmo enquanto escrevo este texto entrou nova mensagem me falando de um tal “pacote de 700 megas de internet”. Eu lhes pergunto: eles estão ou não estão querendo que eu lhes dê uma bela “ferrada”? Meu advogado anda revoltado e querendo fazer algo pelo absurdo deles, todavia pedi que espere mais um pouco e vamos ver se eles criam juízo. Eu disse a eles em uma de minhas respostas que iria fazer esta denúncia, afinal acredito não ser eu a única vítima dessas jogadinhas sujas.

Imagino que ou eles querem continuar me “roubando” (é um termo forte, mas verdadeiro) ou estão tentando me fazer de palhaço. Aqui eu lhes digo que eles irão dar com a cara na parede. Caso eu decida continuar com meu celular vou retirar da VIVO e assumir outra concorrente deles ou simplesmente desistir de ter celular. Confesso que não me fará falta. Só o uso normalmente quando vou à rua e preciso falar com alguém.

Apesar de tudo parecer agora estar em ordem o fato é que sempre que ligo meu antigo celular, repito, que não tem internet nem a aceita, entra alguma mensagem da VIVO sempre me fazendo perguntas sobre o tal “pacote de tantos megas de internet”. Estou desconfiado que deixarão passar algum tempo e aí voltarão novamente a me retirar (ou roubar, é verdade) sempre algum dinheiro das cargas que eventualmente eu colocar em meu antigo celular. Vamos ver.

Por isso vou fazer de conta que acredito neles, que nada mais acontecerá de mal com o dinheiro que carrego em meu antigo celular e verei o que vem pela frente. Por tudo que já fizeram comigo deslealmente eu não tenho motivos para confiar nessa gente da VIVO. Entretanto eles não perdem por esperar caso voltem a bancar os “espertinhos” e meter novamente a mão nas minhas cargas.

Você que tem celular e usa a VIVO como operadora atenção e muito cuidado. Não deixem de conferir o trabalho deles. Da minha parte estou vigilante e se bancarem novamente os safados e quiserem meter a mão no meu bolso já sei o que farei.


__________________________________________

Comentários sobre o texto podem ser enviados ao autor, no email fm.simoes@terra.com.br

(15 de fevereiro, 2017)
CooJornal nº 1.017



Francisco Simões
escritor, poeta, fotógrafo (expositor), ex-radialista
Rio de Janeiro
Conheça um pouco mais de Francisco Simões
http://www.riototal.com.br/escritores-poetas/expoentes-021.htm
http://www.riototal.com.br/expressao-poetica/francisco_simoes.htm
www.francisco-simoes.com



Direitos Reservados
É proibida a reprodução deste artigo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do autor.