15/05/2018
Ano 21 - Número 1.075

 

ARQUIVO SIMÕES

Francisco Simões
em Expressão Poética

Venha nos
visitar no Facebook

 

Francisco Simões



QUE FUTURO EU DESEJO PARA O BRASIL?

Francisco Simões, colunista - CooJornal


Pois é gente amiga, o futuro que eu desejo para este país é o que quase todo mundo almeja, embora talvez não me inclua nele já que estou hoje com 81 anos me aproximando dos 82, ou seja, já estou no meu futuro, digamos assim.

Mas isto não é importante, visto que tratamos aqui é do futuro de uma nação e de gerações presentes e futuras. A TV Globo tem dado muita ênfase a este assunto através de certo tipo de pesquisa junto ao povo brasileiro. Este se manifesta enviando pequenos vídeos para a emissora, como sabem.

Nem preciso dizer o que eu pessoalmente gostaria que mudasse neste país a partir de agora ou das próximas eleições, afinal, o que praticamente todo mundo quer é ver a maldita corrupção, que de uns tempos para cá se alastrou em várias camadas da nossa sociedade, banida completamente ou quase. Sei que é difícil acabar totalmente com ela, mas reduzi-la ao menor grau possível já seria um grande passo.

Hoje em dia é comum ver-se na mídia, especialmente na televisiva, os maus exemplos do “querer levar vantagem” em tudo, atitude condenável que nossa gente ou parte dela ainda “exercita”. São péssimos exemplos e que infelizmente já não vêm apenas de altos escalões da política como de tantos outros de nossa sociedade.

Lamento ter que reconhecer isto, porém é a pura verdade. Entretanto não apenas a corrupção nós queremos ver combatida com rigor, como, aliás, ela vem sendo especialmente pela Lava-Jato com o apoio nem sempre integral de nossa Justiça em vários graus. Afirmar o contrário é não querer ver e/ou ouvir alguns tristes exemplos de quem deveria ajudar e muito neste combate.

Há ainda, como todos reconhecem, a educação, a saúde, especialmente a pública além do saneamento básico, etc que estão a merecer melhor atenção e investimentos além de podermos vir a ter estradas nas quais confiemos e não que tenhamos que pagar pedágios alguns escorchantes sem que a contrapartida no ambiente em geral das mesmas corresponda ao que nos cobram.

Por outro lado, cinicamente nosso Governo anuncia o crescimento da arrecadação de impostos, entretanto nunca diz que há muitos anos deixaram de corrigir, por exemplo, a Tabela de Imposto de Renda hoje com uma defasagem absurda de cerca de 90%.

Quanta gente trabalhadora hoje tem que pagar Imposto de Renda quando, em verdade, segundo a Lei vigente, deveriam era receber devolução do que lhes fora tirado a mais durante o ano inteiro. Não minto não, afirmo a pura verdade deste fato.

Tudo começou no Governo do Sr. FHC que durante 8 anos somente corrigiu a Tabela uma vez. O Governo de Lula que criticara e muito esta atitude acabou por embarcar na mesma canoa furada e assim o Governo de D. Dilma e agora o do Sr. Michel Temer. É um assalto a mão desarmada no bolso de nosso povo. Um crime, digamos oficial. Barbaridade.

Portanto, gente amiga, desejar um futuro melhor para este nosso país não é apenas um anseio, pois um tanto depende de nós mesmos e aí eu me refiro ao momento das eleições. Criticam muito nosso povo acusando-o de invariavelmente “votar errado”, todavia aí eu pergunto: e como é “votar certo?” Por acaso existe alguma fórmula mágica para isto? Claro que não.

Não pode existir candidato sem partido, logo devemos pensar que todo aquele que entra na disputa deve ser inscrito num deles e este o lança como seu candidato. Por acaso o senhor candidato não deve seguir regras do partido em que se inscreveu? Por acaso algum escolhido tem liberdade total de agir sem seguir tais regras, sejam elas quais forem? Ele pode ter plataforma própria sem dever nada ao seu partido? Desculpem, todavia eu não acredito nisto, não mesmo.

Aí voltamos a nossa escolha e ela vai se tornando mais difícil a partir de quando temos não só que considerar o que para nós representa este ou aquele candidato, mas também este ou aquele partido, certo? Alguém já tem em mente quem pode ser o seu candidato preferido na relação até agora divulgada? Confesso que nenhum deles me anima por ora. Nenhum mesmo. E quando eu me lembro do laço deles com este ou aquele partido fico ainda mais desanimado.

Por enquanto eu até poderia elaborar um pequeno vídeo (ou não seria tão pequeno assim?!) e declarar o que realmente eu desejo para o futuro de meu país, porém o que isto adianta? É apenas o desejo, o anseio de mais um cidadão brasileiro com idade bem avançada, aposentado, trabalhador que pelejou na vida desde jovem e ainda trabalha usando a cabeça, as ideias, e que jamais pegará em armas.

Eu jamais votarei em candidato brigão, cheio de rancor, com ideias que não coincidem com meus ideais democráticos, portanto além de exigir uma plataforma que mude completamente nossa realidade atual eu quero que o faça, repito, com ideias e ideais democráticos tendo competência para isto e montando uma equipe confiável.

No mais aguardemos as eleições que ainda estão meio distantes e até lá muita coisa pode acontecer não só no cenário político e quem sabe surja o tal “santo milagroso”.







Francisco Simões
escritor, poeta, fotógrafo (expositor), ex-radialista
Rio de Janeiro
Conheça um pouco mais de Francisco Simões
http://www.riototal.com.br/escritores-poetas/expoentes-021.htm
http://www.riototal.com.br/expressao-poetica/francisco_simoes.htm
www.francisco-simoes.com



Direitos Reservados
É proibida a reprodução deste artigo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do autor.