16/11/2019
Ano 22 - Número 1.149


ARQUIVO SIMÕES

Francisco Simões
em Expressão Poética

Venha nos
visitar no Facebook

 

Francisco Simões



EM CIMA DA NOSSA REALIDADE



Francisco Simões, colunista - CooJornal


A boa amiga Irene Serra, editora e dona da revista Rio Total onde me é permitido escrever já há pouco mais de 20 anos, inseriu na revista a foto e uma das célebres sentenças do escritor e crítico italiano Ugo Ojetti.

Este viveu entre 15.07.1871 e 01.01.1946. A sentença a que me refiro é esta: “Cuidado para não chamar de inteligente apenas aqueles que pensam como você”.  Em verdade ele ia direto ao comportamento de certos seres humanos incapazes de admitirem pessoas que pensem ou julguem diferente de si mesmo.

Vejam que embora isto tenha sido dito e/ou escrito há tanto tempo, pode-se considerar que cabe perfeitamente para muitos de nós nos dias de hoje. Naquele tempo nem se pensava em internet, muito menos em “redes sociais” etc, no entanto, o bravo pensador e crítico já via longe e analisava o ser humano como ele já era ou hoje, pior ainda, se prolifera pelos meios de comunicação a dizer e escrever asneiras tais que justificam o pensamento do nosso Ugo Ojetti.

Eu nada tenho contra pessoas que vivem a navegar horas a fio em seus maravilhosos celulares modernos, especialmente a se comunicarem constantemente nas tais redes sociais das quais eu não participo por princípio e como já disse embora nada tenha contra quem quer que seja.

O que me incomoda é hoje muita gente não mais ler jornais ou revistas, já nem falo em livros, e se julgarem donos de um idioma dos mais ricos do planeta a mudar constantemente a grafia escrevendo errado e outros tantos apoiando e respondendo no mesmo “estilo”.

Pior que isto é o clima que andam a criar, especialmente em nosso país, quanto ao relacionamento humano, se ainda o podemos chamar assim. Hoje ou você concorda com o pensamento ou a posição de alguém ou se discorda democraticamente, um direito inalienável seu, pode vir a ser xingado, escorraçado, e mais triste, com o “opositor” invariavelmente a escrever, ou grafar vocábulos erradamente. E fica por isto mesmo.

Navegando na ideia dos que frequentam as tais redes sociais, das quais tenho pequena mostra ao final de notícias através do site do meu provedor, o Terra, o que tenho visto e lido é o que de certa forma adverte o bom Ugo Ojetti em sua sentença de um século passado: “Cuidado para não chamar de inteligente somente aqueles que pensam como você”.

Eu acrescentaria, aqueles que politicamente ou não possam estar de acordo com os princípios que você defende, ou que jamais ousariam ser contrários para não serem atacados. Meu Deus, onde vai parar nossa liberdade de expressão e de pensamento constante de nossa Constituição Federal?

Será que querem nos impor o clima do medo mal disfarçado em “liberdade de expressão”, mas sempre com uma arma na mão? Atreva-se a discordar e ... Sabe-se lá para onde caminhamos politicamente. O que é dito hoje é desmentido amanhã, e assim segue nossa realidade atual que não vislumbra futuro porque não sabe onde vai parar se é que um dia vai.

Peço vênia para lembrar aqui mais uma sentença do mesmo autor, o nosso Ugo Ojetti, a qual eu respeito e valorizo por demais. Diz ele: “Duvidar de si mesmo é o primeiro sinal da inteligência”. Considerando a arrogância com que vejo afirmarem certos conceitos, fazerem ameaças do poder pelo poder, quantos hoje em dia usariam na prática a sentença do bravo Ugo? É difícil, amigos e amigas, eu sei que é muito difícil.

“Duvidar de si mesmo é o primeiro sinal da inteligência”, sim é verdade bravo Ugo, infelizmente hoje quase todos se consideram donos da verdade que proliferam, que escrevem, muitas vezes com erros crassos, entretanto considero que jamais duvidariam de si mesmo. O orgulho não permite. Assim sendo o tal “sinal da inteligência” passa muito longe deles e delas.

Desculpe caro Ugo, infelizmente nosso mundo ou nosso país está mudando bastante para pior. E não é de hoje não, isto já vem de longe, apenas agora parece que o terreno está mais, digamos, “fértil”.

Por isso eu peço novamente vênia para encerrar com sua sentença citada acima enquanto esperamos por algum milagre: “Cuidado para não chamar de inteligente apenas aqueles que pensam como você.” Assim seja.



Comentários sobre o texto podem ser enviados diretamente ao autor, no email fm.simoes82@gmail.com








Francisco Simões
escritor, poeta, fotógrafo (expositor), ex-radialista
Rio de Janeiro
Conheça um pouco mais de Francisco Simões
http://www.riototal.com.br/escritores-poetas/expoentes-021.htm
http://www.riototal.com.br/expressao-poetica/francisco_simoes.htm
www.francisco-simoes.com



Direitos Reservados
É proibida a reprodução deste artigo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do autor.