TCHELLO D' BARROS


Tchello d´Barros é escritor e artista plástico. Nasceu em 18/12/67 em Brunópolis-SC e atualmente vive em Blumenau SC.

Lançou os livros de poesia:
      "Letramorfose"   poemas(1.999) Ed. Cultura em Movimento - 60 pg.
      "Palavrório"       poemas(1.996) Ed. Multi-Prisma - 55 pg.
      "Olho Nu"          poemas(1.996) Ed. Letras Contemporâneas - 25 pg.

Participou das Antologias poéticas:

      Eros                       (2000)
      Horizontes             (1999)
      Conto e Poesia    (1999)
Blumenau-Açu      (1998)
Sul Azul                  (1995)
Blumenália            (1993)

É autor do livro "Olho Zen - coletânea de haicais"

Nas artes plásticas participou de mais de 30 exposições entre coletivas, individuais e salões de arte.

Um dos primeiros artistas no Brasil a produzir a Digital Art, desenhos virtuais a partir de modelo vivo.

Em 1995, no cinqüentenário das bombas atômicas cometeu o "Bombardeio Poético", lançando poemas de avião sobre a cidade de Blumenau.
É sócio fundador da Sociedade dos Escritores de Blumenau, sendo agora, seu presidente.

Poemas, foto e breve biografia no site de poesia da Lynn:
www.terravista.pt/Nazare/4009/tchello.html
Desenhos digitais do Tchello no Museu Poesia Diária:
www.brasil.terravista.pt/Albufeira/2470/tchello.htm
Outros poemas no site Pura Poesia:
www.diariopoetico.cjb.net/
Entrevista por Rodrigo "seomário" Leão em:
www.artista.pt.fortunecity.com/palavras/23/lero.htm
Poemas no site de Portugal Refúgio da Poesia:
www.terravista.pt/Guincho/2482/tchello.html
Poema com animação no Cristal Poesia:
www.terravista.pt/FerNoronha/2818/tchello.html
Poema no site Garatuja
Mais poemas no site Notivaga
Entrevista e poemas em Rio Total
Poesia erótica em
 



Poemínimos do livro "Letramorfose"

                  partes de mim
                  se  partem  se
                  partes de mim
          _________________
                                      senti
                                    vazio
                                   sem ti
          ________________
                    há fogo
                     em teu
                       afago
          _________________
           coração
           ocupado
 
           o cupido
           o culpado
          _________________
                 arde
                 uma temática:

                 arte
                 é matemática?
          ________________
         teu corpo
           não se
        comporta
           mas me
        comporta
          _____________
                      vênus
                        nos
                      vê nus
            _____________
           nua vens
             eu nas
                nuvens
          _____________
                    monumento
                         tu
                         nua
                         num
                     momento
                         sem
                         nem
                         um
                     movimento
         _______________
                               amemos
                            a menos
                            que o amor
                            de vênus
                              seja menos
                              com camisa
                                 de vênus

Poemas do livro "Palavrório"

            o tempo urge pra mim
            o  amor  ruge  carmin
            amor  te  surge  enfim
______________________

            crise
  existencial
      do crisol
        à crisálida
                 ávida
                a vida
                    repete
                   seu ritual
_______________________

          num átimo atino
          sigo meu rumo
          minha sina rumino

          nessa viagem
          sem  destinos
          cem  destinos
          ou   desatinos



         do livro "Olho Nu"


                 mais
                   luz
                   do
                  que
                    o
                  sol
                  do
                meu
                 céu
                  só
                   o
                som
                  do
                 seu
                 sim
     _______________

                tem
                dia
                que
                tem
                sol
                tem
                dia
               que
                tem
                lua
                tem
                dia
               que
                ela
                diz
               não
               tem
               dia
               que
              vem
               nua
     _______________

              mas
               por
              que
                 é
               que
               pra
              uns
              deus
               dá
              mais
               pra
               uns
             deus
               dá

                ais
                e
              pra
              uns
             deus
               dá
             aids
              ???
     ______________

              mãe

               eu
              não
               sei
               se
               vai
               ter
              pão

               na
             mão
              de
              uns
             sim
            mas
              de
             uns
             não

               e
               lá
               se
              vai
             mais
              um
              dia
               de
              cão
_________________

Tchello d'Barros
Blumenau SC
 

 
   

 

Esta página é parte integrante da Revista Rio Total

 

Editoração
Irene Serra
irene@riototal.com.br