carlos Trigueiro

Arquivo

 

   01 de novembro, 2013
---


Imitações de Haicais
 



Idades
(2011)
   
Na Idade da Pedra, a pedra valia ouro.
     Na Idade Média, o ferro se impunha.
     Na Idade do Átomo, o Infinito testemunha.

AÇAÍ (1985)
     Terçado rente, cacho cortado.
     Peneira fina, caroço espremido.
     mesmo esmagado o açaí é nutrido.

JORNADA (2012)
   
O sol lavra o dia.
     E à noite adormece.
     Assim o mundo acontece.

OLHOS DA NATUREZA
     A garça divisa o peixe embaixo d'água.
     O peixe sob as vagas vê a garça no ar.
     Os olhos da Natureza não se deixam enganar.

MATEMÁTICA DA EXISTÊNCIA (1971)
   
Dez anos cabem nos dedos.
     Cem anos só cabem
     Numa vida sem medos.

ABISMO ÍNTIMO (1985)
    
A alma é um abismo.
      De dia, tem fundo.
      À noite, fim do mundo.

NATUREZA PUDICA  (1983)
     A natureza tem vergonha
     Que a floresta durma nua.
     A montanha esconde a lua.

 




  • carlostrigueiro@globo.com

  • Leia suas crônicas no CooJornal.