Rosa Pena


Arquivo
de seus poemas


 

Maio de 2017
---

 



Maluca com certeza
____________________________


Sem Beleza!
Estamos todos malucos
Sociedade desamparada.
Todo mundo fala tudo
Ninguém diz nada com nada.


Quem sabe daqui há dez mil
O mundo descubra.
Que nunca soube demais.
Volte a dançar
Rock com as aranhas.
Viaje num trem das sete!
Refaça o corcel 73
Decrete o amor a bola da vez.


Tomara que a ciência descubra a vacina eficaz.
Para tanta estupidez.
O grito da paz?
É o sonho que corro atrás.



Rosa Pena

 

 


 

  • Aqui, conheça um pouco mais de Rosa Pena.

       E leia suas crônicas no Coojornal, clicando aqui.


    pena.rosa@gmail.com