Rosa Pena


Arquivo
de seus poemas


 

Maio de 2017
---

 



AZUL
____________


Que seja eterno
teu jeito garoto
meu sorriso maroto.
Que permaneças
moleque
da língua sem breque.
Que fiques travesso,
me virando do avesso.
Que no amor
sonhes em ser eternamente
meu beija- flor.
Que nosso casamento
seja sem aliança.
Apenas conquista
que a cada dia se alcança.
Que não morram
em nós as crianças.
Que sempre seus pés
me conduzam pra dança.
Que o céu convencido
de seu azul tão exposto
saiba que é só o reflexo
que vem do teu rosto.


Rosa Pena

 

 


 

  • Aqui, conheça um pouco mais de Rosa Pena.

        E leia suas crônicas no Coojornal, clicando aqui.

       pena.rosa@gmail.com