Ano 19 - Semana 984



"Quando conhecer sua alma, pintarei seus olhos."
(Amedeo Modigliani)


Torne sua empresa presente!







ARQUIVO

- Casa
- Comportamento

- Curiosidades
- Estilo
- Informaçã;o
- Nutrição
- Pensamentos
- Reflexão
- Saúdee

- Sorria

 

          15 de maio, 2016

PROMOÇÃO DA VIDA

Na troca de produtos psicológicos indesejáveis ganhe felicidade



Bernardo Melgaco da Silva


Esta é uma promoção ilimitada. A promoção é muito simples. Basta você acumular os produtos psicológicos indesejáveis e ir em qualquer posto autorizado e trocar por vários prêmios oferecidos. Assim, se você acumulou muitas mágoas leve tudo para um posto autorizado e lá você poderá trocar por perdão. E com o perdão no coração você poderá viver melhor e distribuí-lo a todos que você encontrar. Não se esqueça que a promoção é por tempo indeterminado!

Se você acumulou muitos aborrecimentos já é hora de trocar por amizade sincera. Se você acumulou vaidades já está no momento de trocá-las por simplicidade. Se você acumulou soberbas já é o momento para trocá-las por humildade. Então, preste atenção, tudo pode ser trocado, basta você mesmo querer. Esta promoção é oferecida a todos sem qualquer distinção de raça, credo, nacionalidade, ideologia, sexo ou idade. A única coisa que você deve fazer é ficar atento à promoção: acumulou... trocou! Outra coisa que você deve saber é identificar o verdadeiro posto autorizado para as trocas. Este posto está muito perto de você – mais perto do que você possa imaginar! O nome do posto é COMPAIXÃO e ele fica situado próximo ao local chamado coração numa “rua” muito sutil cujo nome é CAMINHO DO CORAÇÃO.

Assim, por favor, troque tudo - porque a vida é, em síntese, uma grande troca de experiências, de amizades, de verdades, de felicidades, de fraternidades, de carinhos, de alegrias, de encantamentos, de sabedorias, de respeitos, de energias, de consciências e de transcendências. A vida é uma troca maravilhosa onde tudo aquilo que já não nos serve deve ser substituído por outras de real valor e transcendência. Aquele que ainda não percebeu isso está num processo acumulativo ad infinitum. E com certeza inevitavelmente acumulará desequilíbrios e doenças psicossomáticas (úlcera, AIDS, derrame, esquizofrenia, câncer, etc.).

Lembre-se – sempre! – que uma das teorias da Criação nos diz que “Nada se cria. Nada se perde. Tudo se troca (transforma)”. Nesse sentido, se oito horas de trabalho são desgastantes, troque-as por quatro horas porque “mais vale uma saúde na mão do que mil dinheiros voando”; se quatro horas de televisão são alienantes, troque-as por quatro horas de uma boa leitura de um bom livro porque mais vale a sabedoria conquistada do que mil sugestões estúpidas doadas; se o seu sentido de vida está governado pelo mercado, troque-o pela orientação do Espírito porque “o discurso do dinheiro mata o Espírito”; se você não agüenta mais doar “dez por cento do seu salário”, então troque o seu valor reduzindo essa doação para um por cento porque Deus não é banqueiro e nem cobrador de impostos (o que vale é a sua boa intenção); se sua alma é mercenária e violenta, troque-a por uma alma cooperativa e santa porque Deus, com certeza, recompensa no ato um bom ato de coração doador; se a sua vida social é acelerada, troque-a pela paz das montanhas porque “o bom pastor dá a vida pela paz da oração-meditação mesmo num pequeno monte (lembre-se do exemplo de Jesus (“orai e meditai” (vigiai)) no monte das Oliveiras)”.

Caros irmãos e irmãs, nunca se esqueçam dessa promoção. Ela sempre existiu e sempre existirá. O Criador dessa promoção a fez pensando na felicidade de Suas Criaturas. Por isso, não deixe de atender o chamado da promoção. Ela vale uma vida de bem-aventurança eterna. Ela vale um bônus de felicidade perene. Ela vale o quanto vale o seu esforço de troca. Ela vale o próprio Amor do Criador. Eu já fiz a minha troca e posso garantir a todos que o prêmio do Amor é fantástico e que nenhum tesouro da terra pode ser comparado a Ele. Por isso, não deixe de trocar a sua vida velha, ranzinza e mesquinha por uma vida nova, carinhosa e fraterna. A recompensa é a sua própria salvação e exemplo para os demais.



Bernardo Melgaço da Silva – Rio, 25/10/99






Dire玢o e Editoria - Irene Serra
Webdesigner - Luiz Carlos Guedes