Andréa Abdala Frank


PLANETA NOSSO - ÁGUA
 

alimento101.jpg (35964 bytes)


A desidratação é um problema bastante comum entre idosos hospitalizados ou institucionalizados em todo o mundo. A água é um solvente universal responsável pelas trocas químicas que acontecem em nosso corpo, pela viscosidade e integridade das células e tecidos e na regulação da nossa temperatura. Quando desidratado o corpo se assemelha às folhas secas do outono, sem a possibilidade de vida ou brilho.

Porcentagem de água em diversos tecidos

%

Sangue

83

Rim

83

Músculo

76

Osso

22

Tecido gorduroso

10

Ciências Nutricionais - Dutra de Oliveira & Marchini, 1998


Normalmente o consumo de água de um indivíduo é regulado pela sensação de sede, o que equivale ao primeiro sinal de alerta mediado pelo sistema nervoso. Pessoas idosas apresentam menor sensibilidade à sensação de sede, aumentando os riscos à desidratação. Outros fatores que contribuem para a perda de água corporal são: estado febril, diarréia e o baixo consumo de líquidos ao dia. Prejuízos renais, elevado consumo de medicamentos e a falta de autonomia também tornam as pessoas idosas mais vulneráveis.

Pensando nisso algumas modificações foram feitas na apresentação do guia alimentar para pessoas com 70 anos ou mais, onde se observa a indicação de oito copos d'água ao dia, dispostos na base da pirâmide (Russell, 1999). Nunca é tarde para começar.

Além da oferta de água, refrescos e sucos de fruta complementam a necessidade corporal de aproximadamente 1,5 a 2 litros de líquidos ao dia. A inclusão de alguns alimentos ou algumas preparações líquidas à dieta do idoso é um modo alternativo bastante eficaz na prevenção.

Lembremos que a melhor forma de oferecer líquidos à pessoa idosa é através de pequenos volumes (meio copo pequeno) várias vezes ao dia, preferencialmente na parte da manhã e da tarde. Em muitos casos isso deve acontecer de uma em uma hora. Grande volume, e de uma única vez, pode resultar em desconforto gástrico e ao abandono da iniciativa.

Frutas e verduras são alimentos que apresentam maior percentagem de umidade/grama, veja-os com atenção e faça proveito: abacaxi, ameixa vermelha, carambola, figo, laranja, mamão, mangaba, melão, melancia, morango, pera, tangerina, uva, bertalha, chicórea, couve, berinjela, abobrinha, quiabo, tomate, nabo e outros.

Nem só de pão vive o homem, mas de água também!

 
  

Março/2002
   Andréa Abdala Frank
Nutricionista,
 Prof. do Instituto de Nutrição UFRJ 
a.abdala@uol.com.br  

   


    Outros artigos sobre nutrição

A pirâmide alimentar
Alimentação saudável
Calorias ocultas nos alimentos
Carrocinha de cachorro-quente
Chegou a vez das margarinas
Combinação de alimentos
Comer e ser saudável
Convite aos vegetais
CPI do idoso
Criatividade
De olho nas frutas - abacaxi
Direito ao prazer
E a 3a idade... vamos cuidar disso?

Entre no barco do farelo
Fontes de energia adequadas
Frutas e vegetais
Fruto da videira: por quem o coração bate
Gluten
Gorduras: quais as mais indicadas?
Gelatina
Interessante fase da vida
Iogurte e companhia - I
Iogurte e companhia - II
Mentiras que vão à mesa
Mentiras que vão à mesa - II

Os alimentos da felicidade
Pense leve
Planeta nosso - Água
Reduzindo a pressão arterial
Refeições feitas fora de casa
Regras para uma boa alimentação
Sem comida, nada feito!
Sinal verde ao chá
Sob o efeito do stress
Soja, seus prós e contras
Talharim ou parafuso?
Uma boa alimentação
Valor energético


    Tire suas dúvidas sobre nutrição! Diga-nos o que gostaria de saber!
   
    
   

feliz-idade@riototal.com.br