Andréa Abdala Frank  

Valor energético


 Na verdade calculamos kcal baseado em kg de peso corporal e cal para medirmos calor vindo da queima de alimentos normalmente feito em gramas (estudo experimental).
 
Veja:
 
Caloria é a unidade de medida de calor necessária para elevar de 0 a 1 grau centígrado 1kg ou 1g de água líquida.
(Dicionário de Termos Médicos - Garnier Delamare)
 
Em calorimetria humana, a unidade de medida do calor é a kcal, quantidade essa de calor necessária para elevar a temperatura de 1kg de água de 15 a 16 graus centígrados.
 
Nos alimentos a caloria é determinada com 1 grama do nutriente, o que permite denominar-se de caloria e não quilocaloria.
 
Exemplo: 1grama de gordura oxidada fornece 9 calorias (cal).
 
O valor energético total de um homem padrão é de aproximadamente 2800kcal
 


VALOR ENERGÉTICO

Vale lembrar que a necessidade de energia de uma pessoa consiste em dois componentes principais:

1- A energia gasta para o crescimento e para a manutenção dos tecidos corporais
2- O valor de energia adequada à atividade física ou à atividade de vida diária.

A soma desses dois determina o que definimos como Valor Energético Total (VET) de um indivíduo. E como pode ser observado, o VET é algo muito individualizado. Cada um possui a sua própria necessidade energética.

Além do requerimento energético basal ou básico para manutenção do tecido muscular, controle da temperatura corporal, circulação sangüínea, respiração, produção de enzimas e hormônios e outros, fatores externos influenciam no consumo energético.

Fatores externos que influenciam a determinação do Gasto Energético:

a) Altura e composição corporal
b) Idade e crescimento
c) Atividade física 
d) Gênero masculino e feminino
e) Estado Nutricional
f) Clima

Recomendação Energética Diária (média), segundo FNB/NRC:RDA-1989, USA. 

Homens:
 Idade Kcal/dia

19-24     2900
25-50     2900
51 +       2300

Mulheres 
19-24     2200
25-50     2200
51 +       1900


Bibliografia: 
Modern Nurition in Health and Disease - Shils et al, 1993
Nutrição - Mitchell et al, 1978
Nutrição Humana - Benjamim Burton

Esta informação é uma resposta ao email  de Tania. 
Caso tenha alguma dúvida sobre Nutrição, pergunte-nos!
    

 

Andréa Abdala Frank
Nutricionista
,
 Prof. do Instituto de Nutrição UFRJ 
a.abdala@uol.com.br 
   



    Tire suas dúvidas sobre nutrição! Diga-nos o que gostaria de saber!
   
    
   

riototal@riototal.com.br