Outros artigos sobre COMPORTAMENTO

 

 05 de dezembro, 2009
---

Maria Luisa Toselli


Amar para não envelhecer


O problema do idoso, nos dias de hoje, ocupa um lugar primordial na imprensa escrita e falada. De modo particular, o Papa João Paulo II aprovava e recomendava o movimento "VIDA ASCENDENTE", iniciado na França e atualmente difundido no mundo inteiro e também no Brasil.

Uma das mais interessantes descobertas da gerontologia atual é que cada pessoa tem três idades diferentes, ao mesmo tempo: a idade cronológica, determinada pelo número de anos de vida; a idade biológica, determinada pelas condições e estado de seu corpo; e a idade psicológica, que decorre daquilo que a pessoa sente que tem e demonstra ter na sua maneira de agir.

O importante para quem começa a envelhecer é evitar uma visão estreita e fatalista que leva a sentir e proceder de acordo com a idade cronológica marcada pelo calendário.O idoso, consciente de sua situação, deve procurar tirar dela o melhor partido, não se entregando à apatia e ao desânimo, o que, infelizmente, é o caso de muitos.

Assim como as estações do ano são necessárias, todas as idades da vida são importantes.O segredo é saber viver, aceitar a vida tal como é, procurando tirar dela o melhor proveito, nunca esquecendo que ao longo das estradas difíceis, há sempre Alegria em vencer os obstáculos.

Diz o provérbio:
"SE A VIDA NÃO LHE SORRI, SORRIA PARA A VIDA."

Não olhar para Ontem, não lastimar o passado, mas viver o tempo presente. O Hoje tem tanto a nos oferecer! Há inúmeras oportunidades para os que estão na 3ª Idade: viagens, música, teatro, leitura, artesanato...
Mas o principal é saber dar-se, esquecer-se de si, vencer o egoísmo dedicando-se a obras de caridade na sua comunidade, enfim, sentir-se útil.

Na terceira Idade, freqüentemente encontramos pessoas que dizem: "Tudo está acabado para mim. Não sirvo para mais nada". Pelo contrário, tudo recomeça: hábitos novos, um novo plano de vida e de trabalho, uma nova organização.

Finalmente, no coração dos idosos deve soprar o "Espírito da Esperança".

Os membros da "Vida Ascendente" procurarão comunicá-lo a seus irmãos e irmãs, porquanto o homem nunca deixou de esperar, continuando sempre a dizer "SIM" à Vida. Reconciliados com eles próprios e com os outros, eles serão uma presença pacificadora e uma sabedoria brilhante.
 

NOSSO MUNDO PRECISA SOBRETUDO DE AMOR
PARA NÃO ENVELHECER

 

Maria Luisa Toselli é membro do
Clube da Amizade, em Ipanema - RJ

(Especial para a Revista Rio Total)





Direção e Editoria
Irene Serra