Ano 18 - Semana 899
 




Outros artigos sobre COMPORTAMENTO


 

        10 de julho, 2014

Família Perfeita - Que seja a sua!

Foto de Carlos Vinícius Vieria Machado


Suley Buriasco


Todos os relacionamentos merecem cuidados, especialmente os familiares, afinal não se pode negar a importância da família na vida das pessoas. A questão é que, muitas vezes, esse convívio tão íntimo acaba sendo conflituoso por conta das diferenças de personalidade, modo de pensar e agir. Para manter a harmonia familiar é preciso que haja a compreensão de que diferenças são naturais e aprender a lidar com elas é sempre um grande ganho.

Existe uma frase anônima muito usada nas redes sociais que diz: "Relações nunca têm morte natural, elas são assassinadas pelo ego, atitudes e ignorância". Penso que seja assim mesmo; afinal qualquer relacionamento pelo qual não nos dedicamos, não nos envolvemos e não nos doamos realmente está fadado ao fim. Isso é ainda mais pesaroso quando se trata de elos familiares, pois, quando membros de um clã se deixam arrastar por sentimentos menores e mesquinhos, provocando a desordem e a separação todo o instituto sofre as consequências.

Eu acredito no respeito, na compreensão e na tolerância para manter a unidade familiar, no entanto, para conservar igualmente os elos de afeto e carinho o essencial é aprender a admirar o outro como ele é, aceitando as diferenças e, principalmente, valorizando o que ele inspira de bom e belo em nossas vidas. A admiração é essencial para manter o amor e a união entre as pessoas e é a partir dela que nos tornamos mais compreensivos e tolerantes diante do que não gostamos ou não concordamos.

Importante lembrarmos que a vida familiar embora tenha seus dissabores, não é constituída por eles, muito pelo contrário, é fonte de segurança e paz. Família de verdade é aquela que representa o Oasis, o lugar certo para nos refugiar da aridez do mundo. Mas para que isso aconteça e a nossa família cumpra esse papel é necessário que cada um faça a sua parte, afastando-se do egoísmo e do orgulho exacerbado. O sentimento familiar representa o sentimento do grupo; a união em torno de uma unidade.

Não existe família perfeita pelo simples fato de que não existem pessoas perfeitas. Cada familiar é um ser humano em luta e em aprendizado constante na vida, portanto a família deve ser entendida como o abrigo de almas diferentes que buscam entrelaçar-se, superando todas as dificuldades. E esse é um trabalho de cada um. Assim, faça da sua família a melhor e a mais perfeita!


 

Suely Buriasco é mediadora de conflitos, escritora,
educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas.
www.suelyburiasco.com.br


Seu artigo será bem recebido em riototal@riototal.com.br

Direção e Editoria
IRENE SERRA
irene@riototal.com.br