Mau servo, péssimo senhor


Encontrando um dia, num dos enormes salões do Louvre, um desconhecido que tinha o tipo e toda a aparência de um criado ou lacaio, para dizer-lhe qualquer coisa, "le bon roi Henry", delicadamente, perguntou-lhe:
- A quem serve o senhor?
- Não sirvo senão a mim mesmo, - retorquiu o interpelado, em voz orgulhosa e irritante.
- Pois então, permita-lhe dizer-lhe, replicou o rei, que tem um senhor muito estúpido.

 

Enviado por Ivan Tabuada

                     

  
Sua colaboração pode ser enviada para feliz-idade@riototal.com.br
         
                             

   Irene Serra    
irene@riototal.com.br