Unhas e esmaltes, dicas e truques

 

Unhas

Dicas: Antes de cortar suas unhas, consulte o calendário, para saber em que lua está, porque, para ter suas unhas fortes, você não deve cortá-las na Lua minguante.

Simpatia: Fazendo suas unhas às sextas-feiras, evitará aquelas pelinhas que tanto incomodam.

Problemas:
Se a manicure, ao cortar a cutícula do dedo, quase tirou um “bifinho” e a unha inflamou, ficou dolorida ou rachada, massageie o local com azeite de oliva. A irritação vai passar, e o local vai ficar macio.

 

Esmaltes

Dicas: Depois de aberto e usado um esmalte novo, antes de fechá-lo passe um pouco de graxa na rosca do seu vidrinho. Desse modo, a tampinha não vai ficar grudada por muito tempo. Se você não tomou essa providência, e a tampinha não quer abrir, calma, não precisa  jogar o esmalte fora. Você vai desenroscá-lo com facilidade virando-o de cabeça para baixo, pingando na junção tampa-vidro algumas gotas de acetona, depois é só torcer a tampinha com cuidado.

Para evitar problemas com seu esmalte, fazendo com que ele se conserve como novo até o fim, mantenha-o guardado na geladeira.

Poderá também aproveitar o resto do esmalte grosso do vidro, juntando umas gotas de álcool 90o e agitando bem antes de usar.

Na falta de acetona, para retirar o esmalte das unhas, ponha-as de molho, por alguns instantes, numa mistura de álcool com açúcar, colocados em um recipiente fundo, para cobrir as unhas. Depois de alguns minutos, é só esfregar, que o esmalte sairá imediatamente.

Endurecido: Para amolecer o esmalte que endureceu dentro do vidro, prefira colocar dentro dele um pouco de óleo de banana em vez de acetona, porque além de não ressecar as unhas elas também ficarão mais brilhantes.

Esmalte grosso: O esmalte que está muito grosso, vai afinar, colocando seu vidrinho por alguns minutos, dentro de um recipiente contendo água quente.

 

Fonte: Sebastiana Quebra-Galho, Nenzinha Machado Salles, Editora Record


 

Esta página é parte integrante da Revista Rio Total