Outras REFLEXÕES

 

 31 de outubro, 2009
---

Néveo J. Bello

Vamos Misturar



Vamos, vamos sim. Vamos misturar. Sabemos lá se não sai uma coisa boa? Vai depender de cada um. Tenho certeza que é bom. Mas se não dosarem bem; daí sim, não dá certo.

Muitos dirão, mas que asneira é esta que estou lendo? Este sujeito está meio... sei lá o que. Mas... é que estou testando a possibilidade de "misturar" dois assuntos num só.

Vamos ver se consigo. Vou tentar. Um deles é uma coisa que já havia escrito em 30 de janeiro p.p., que vou transcrever abaixo:

QUANDO MISTURAR É UMA ARTE


Saber misturar certo, alguma coisa, sempre foi uma arte.
Assim também, como tudo na vida,
devemos saber misturar.
Imaginem uma Cozinheira.
Se ela misturar corretamente os temperos,
que delícia de comida ela vai fazer.
O Motorista, misturando corretamente,
a aceleração do seu veículo,
com o tempo certo das trocas das marchas
e a hora certa de frear,
que viagem tranqüila.
Também o Pintor, com somente três cores primárias:
vermelho, azul e amarelo,
misturando corretamente,
ele faz todas as cores do universo.
Vermelho com azul resulta o roxo.
Vermelho com amarelo, o laranja.
Azul com amarelo, o verde.
Estas três cores resultantes são chamadas de secundárias.
A mistura destas, resultarão em outras tantas
que são as terciárias.
Agora para espanto de muitos (segundo a Lei de Newton)
misturando todas as cores, ou as principais
que são as sete cores do Arco Íris,
teremos a Cor Branca.
Não parece um mistério?
Para saber então desvendar os "mistérios" das misturas,
devemos trabalhar e fazer tudo com grande Amor.
Misturar a paciência, a sabedoria, a vontade,
a calma, a tranqüilidade,
para conseguirmos boa saúde e prosperidade.

Vejamos então que curiosidade, que coincidência, pois já havia escrito sobre "Misturar". Mas ficou aqui comigo guardado. Depois de publicado meu primeiro Artigo neste belo Site RioTotal, em FELIZ IDADE, intitulado DISCORDO, MAS CONCORDO, venho recebendo alguns emails. Comentam o que escrevi, alguns elogiando, outros para minha grande surpresa, pedindo as Receitas dos Bolos de Cenoura e de Chocolate que minha esposa faz, mencionado no referido artigo.

Então, para alegria também de minha esposa (seu nome é Gleyde), passo a descrever a Receita do:

BOLO DE CENOURA

Ingredientes:
- 3 xícaras de farinha de trigo,
- 3 xícaras de açúcar,
- 3 cenouras médias, cortadas em pedacinhos,
- 3 ovos,
- ¾ de um copo americano de óleo,
- 1 colher (de sopa) de Fermento Royal.

Modo de fazer:
Bater no liquidificador as cenouras com os ovos inteiros e o óleo.
Misturar a farinha de trigo e o açúcar numa vasilha, colocando depois os ingredientes do liqüidificador.
Por último colocar o Fermento.
Agora, colocar a massa em uma forma untada e levar ao forno.

Se quiserem uma COBERTURA:
6 colheres de sopa de açúcar, 6 colheres de Nescau, 1 colher de leite e 3 pingos de limão.
Misturar bem e colocar no Micro-Ondas por 1 minuto (na potência 10), ou levar ao fogo, mexendo até ficar viscoso.
Deixar esfriar um pouco o BOLO e colocar a Cobertura.
Deixar esfriar de vez e começar a comer...

(Obs: Quanto às calorias e colesterol, fica por conta dos comilões)

Vejam só meus queridos amigos que para se fazer Bolo as pessoas precisam saber Misturar bem os ingredientes.

Coisa que eu já havia mais ou menos previsto, escrito bem antes de se falar em Bolo (conforme artigo transcrito acima).

Outra coisa. O Artigo que anteriormente escrevi e publicado, também referido acima, mistura sexo e bolo.

Mais uma coisa. Com os emails que recebi, vieram provar que o pessoal da chamada Terceira Idade, conforme eu escrevi naquele Artigo, continua gostando de: Contar e Ouvir Histórias, Fazer e Comer Bolos e também de ... ... ...

Meu Deus do Céu, não é na verdade muita Mistura?

Na realidade até penso que é. Mas o assunto é esse. Como vou fazer? Só posso recomendar que devemos Misturar quando temos sabedoria do que misturamos. Também que não devemos Misturar coisas que possam dar uma indigestão e sim só coisas que nos dão Satisfação.
          


Néveo J. Bello é Terapeuta Holístico
neveo@terra.com.br





Direção e Editoria
Irene Serra