Néveo J. Bello
          

VOCÊ E AS ELEIÇÕES
       

Você nem está sabendo, mas... você é a minha legitima candidata.

Você nem é política. Mas... para mim já está eleita. Você pouco fala, mas... para mim o seu silêncio quer dizer muito. Muito mais que todos programas eleitorais.

Não precisa apresentar plano de governo. Desde que te vi já está governando a minha vida. Não precisou nem de primeiro turno, segundo turno. Não precisou nem de eleição. Você ganhou antes de qualquer votação.

Só tem um problema. Nesta época que está sendo tudo informatizado, até as urnas são eletrônicas, como vou provar esta sua vitória nas urnas de meu coração.

Vou tentar a moda antiga, lhe enviando um bilhete, escrito com caneta tinteiro, contando tudo o que sinto por você e marcar uma aproximação. Tentar como antigamente, numa maneira muito decente lhe informar deste amor crescente e lhe dizer que sou o melhor pretendente.

Então agora as coisas se inverteram. Você estava quieta no seu lugar, sem nada falar. Eu é que me apaixonei e agora tenho que provar. Tenho que usar todos os recursos, a moda antiga e me modernizar.

Se for necessário serei aliado político de Cupido. Farei discurso no Palanque do Amor. Falarei em Rede Nacional da Paixão. Farei de tudo para que eu seja acreditado.

Mas que loucura. Como o amor e a paixão transformam uma pessoa.

Depois de tudo isto, espero que você me aceite. No nosso casamento, eu prometo, terás uma grande festa da posse do teu Governo!

 

Néveo J. Bello é escritor e terapeuta holístico
 neveo@terra.com.br


Clique aqui e leia outras reflexões

Rio Total