Samuel Ulman

VIVA COM ENTUSIASMO

A JUVENTUDE não é um período da vida. É um estado de espírito. É o vigor da vontade, a qualidade da imaginação, a força das emoções, a predominância da coragem sobre a timidez, o desejo de aventura de preferência ao amor à comodidade.

Ninguém envelhece pelo simples fato de viver um determinado número de anos. As pessoas só envelhecem quando abandonam seus ideais. Os anos enrugam a pele, a desistência do entusiasmo enruga a alma.

A preocupação, a dúvida, a falta de confiança em si mesmo, o medo e o desespero fazem curvar a cabeça e voltar ao pó o espírito em desenvolvimento.

Aos 60 ou aos 16 anos, há no coração de toda criatura o amor ao maravilhoso, o doce assombro diante das estrelas e das coisas e pensamentos cintilantes; o desafio indômito dos acontecimentos, a infalível curiosidade infantil por todas as coisas e a alegria de viver a vida.

Uma pessoa é tão jovem quanto a sua fé, tão velha quanto a sua insegurança; tão jovem quanto a sua capacidade de confiar, tão velha quanto o seu desassossego.

Uma pessoa é jovem enquanto seu coração recebe da terra, do homem e do infinito mensagens de beleza, ânimo, coragem, grandeza e força.

Quando desce o pano e todos os pontos centrais do coração estão cobertos pelas neves do pessimismo e o gelo do ceticismo - e só então - estamos realmente velhos, e que Deus tenha piedade de nossa alma.


"VIVA TODOS OS DIAS DE SUA VIDA COMO SE ESPERASSE VIVER PARA SEMPRE".

 

Enviado por Regina Mas
Foto: William Watson de Barros

 

Clique aqui e leia outras reflexões

Rio Total