Néveo J. Bello

DISCORDO, MAS CONCORDO

         
Que disparate é este que você escreveu aí, disse a minha esposa, passando justamente por trás de mim, na hora exata em que eu escrevia este título. Parando naturalmente para ler e fazer este comentário. Tentei explicar, mas de imediato ela continuou (dando aquela risadinha).

Bem minha querida, pode fazer as suas críticas jocosas, respondi, mas desta vez você errou completamente. Este assunto todo ser humano conhece, senão a espécie humana não teria se perpetuado, nem tampouco toda espécie animal.

Nossa que profundidade, é alguma Tese? (Sempre sorrindo). Não, não é respondi. Mas poderia ser. Mas já existe muitos estudos avançados neste assunto e... e... será que vai deixar eu escrever o que quero?
Está bem, ela disse e saiu.

Muito bom. Agora posso escrever o que eu quero dizer com este título.

Passeando pela Internet, pesquisando alguns assuntos para meus estudos e tendo já concluído, fui correndo para o Site RioTotal, pois já venho visitando-o há alguns dias. Consagrado como ele é, pela beleza da apresentação, gosto muito também de ler assuntos de renomados autores. Daí como já sou vovô, não dispenso a visita em FELIZ IDADE.

Dando uma rápida passada de olhos, logo imprimi. Lendo hoje os artigos com mais sossego e atenção, parabenizo a todos. Maaasss... o texto adaptado de Elaine Gaglianone, intitulado O AMOR NÃO DESAPARECE COM A IDADE, logo no primeiro parágrafo, onde diz: "O idoso que conta histórias e é mestre em fazer bolos ficou no passado. À beira do século 21, a arte é outra." É justamente aí que encaixa a primeira palavra do título deste artigo, eu DISCORDO. (Com todo respeito é lógico porque é uma brincadeirinha de minha parte, é até elogio aos idosos).

Então vão me perguntar, por que Discorda?

Porque como já sou vovô de seis netos, com idade que vai de 2 a 12 anos, eu sou UM CONTADOR DE HISTÓRIAS, para eles que nos reunimos quase que semanalmente. Sentamos em círculo, no chão, ou em almofadas e conto as Histórias que Vivi. Os assuntos são bem variados e eles se interessam muito, pois já exerci várias atividades diferentes, tenho vários hobies e desta maneira posso ensiná-los, aproveitando depois conforme a qualidade do assunto, para torná-los em artigos, como alguns já publicados e em fase de se tornar um livro.

Por outro lado, a minha esposa (já aposentada também, como Professora de Geografia), gosta muito de fazer BOLOS de chocolate e de cenoura, que são uma gostosura. Todos que chegam já vêm pedindo o bolo com cafezinho ou refrigerante.

MAS CONCORDO, plenamente, com o referido artigo, como não poderia deixar de ser, a partir do segundo parágrafo, que nos mostra o resultado de pesquisas sobre o sexo na terceira idade, realizadas por especialistas no assunto.

Concordo porque posso fazer uma confissão, que tudo é possível neste caso, mantendo a Chama do Amor Verdadeiro. Assim como devemos exercitar e trabalhar o nosso físico para mantê-lo saudável. Exercitar também a nossa mente para mantê-la saudável e disperta. Vemos que existe um exercício específico para cada caso e para cada parte do corpo.

Então por que não ir ao médico de confiança e fazer um completo exame? Por que não recorrer às Terapias Alternativas?

De alguma forma, o médico pode aconselhar e receitar um medicamento para manter a energia física. Mas também através das Terapias Alternativas, podemos usar de vários recursos, (agora falo como Terapeuta Holístico - CRT 23952). Podem começar praticando um Relaxamento diariamente, de 15 a 30 minutos, geralmente com Fita K7, com mentalizações direcionadas para o fim que se deseja. Usar o recurso da Tela Mental e ali projetar o que se quer. Usar o Relaxamento com a técnica de Imaginação Criativa. Trabalhar todos os nossos Chakras, com ênfase ao chakra básico que corresponde ao sexo. Pode usar a Cromoterapia, a Parapsicologia, a Metafísica, o uso de Cristais, da Pirâmide, a Aromaterapia com banhos, massagens e com uso do Difusor para exalar as essências. O Reiki também ajuda em tudo.

Como vimos existem inúmeros caminhos para se alcançar o que se deseja, dependendo de cada pessoa, de cada caso e de cada gosto. Para concluir esta parte, tenho diante de mim neste instante uma Apostila intitulada "Metafísica - Cura pelo Cristal de Quartzo", de autoria de Carmem Lúcia Balestero, onde ela encerra um dos capítulos, dizendo : ... O tesouro maior da vida é "saber ouvir as necessidades do próprio corpo". Esta sintonia você alcança somente por meio da introspecção e silêncio. Meditar ainda é a arte preciosa dos que sabem amar."

Concordo que todos nós, mesmo aqueles com idades mais avançadas devem continuar a estudar, ler mais sobre o assunto, se estiverem interessados, é lógico. Como exemplo, livros sobre Tantra, que é uma arte milenar dos sábios indianos. Outro e a Sutra. O Mestre Osho, com vários livros já em português, trata sobre Sexo de u'a maneira tão especial, até com certos rituais, meditações, o casal se admirando, se cultuando, tudo é tão bonito, tão sublime, mas para nós Ocidentais, poucos conseguem realizar todo este ritual tão nobre, à sua maneira.

Mas para encerrar, confesso a todos, que eu Contando as Minhas Histórias, minha esposa Fazendo os Seus Bolos, felizmente continuamos com...: Uma HISTORINHA antes ... um pedacinho de BOLO depois ... também, estudando e nos preparando, para o Terceiro Milênio, A Era de Aquário.

 

Néveo J. Bello é Terapeuta Holístico.
neveo@terra.com.br


Clique aqui e leia outras reflexões

Rio Total