Paulo Roberto de Carvalho
   

Medicina Ortomolecular II
Prático guia terapêutico
   

Gota
Ácido fólico - inibe a xantina oxidase, necessária à síntese de ácido úrico.
Vitamina C - aumenta a excreção renal de ácido úrico.
Ácido Pantotênico - aumenta o cortisol circulante.
Atenção: evitar niacina e excessos de vitamina A, que podem agravar as crises.

Hepatite
Vitamina B12 - injeções intramusculares diminuem o tempo de recuperação e a anorexia.
Ácido fólico - diminui o curso da doença. 
Vitamina C - tem rápido efeito na recuperação dos pacientes.

Hipertensão Arterial
Magnésio - tem potente efeito vasodilatador.
Cálcio - as quantidades na dieta estão negativamente relacionadas com a pressão arterial.
Potássio - experimentalmente benéfico, neutraliza parcialmente os efeitos de dietas ricas em sódio.
Ácido eicosapentaenóico (Omega 3) - experimentalmente benéfico
Taurina - neurotransmissor inibitório, baixa a pressão arterial em hipertensos.

Insônia
Niacinamida - tem efeito relaxante e levemente hipnótico.
Inositol - tem ação calmante e ansiolítica.
Taurina - neurotransmissor inibitório, apresenta propriedades sedativas e ansiolíticas.
Triptofano - precursor da serotonina, induz e mantém o sono. 

Miocardiopatias
Carnitina - melhora a performance do músculo cardíaco, permitindo a penetração de ácidos graxos na mitocôndria das células miocárdicas para produção de energia.
Selênio - a deficiência está correlacionada com miocardiopatias.
Magnésio - modula o fluxo de íons através da membrana celular do miocárdio.

Obesidade
Cromo - especialmente sob a forma de cromo picolinato, que parece ter maior eficiência em potencializar a insulina e otimizar o metabolismo dos carboidratos. 
Triptofano - precursor da serotonina, teria efeito anorético.
Glutamina - auxilia no controle de peso por modular a permeabilidade intestinal.
Fibras alimentares - provocam a sensação de plenitude digestiva e auxiliam o trânsito intestinal. 
Enzimas digestivas - auxiliam na digestão e absorção dos alimentos.
Extrato de sementes de uvas - experimentalmente, diminui a absorção de gorduras no trato digestivo.

Osteoporose
Cálcio - principal matéria-prima para aumentar a densidade óssea. 
Magnésio - modula a liberação do paratormônio.
Zinco - fundamental à formação do colágeno.
Boro - muitas vezes deficiente na osteoporose, entra na formação dos ossos e aumenta a osteogênese. Potencializa a ação dos estrogênios. 
Vitamina D - promove a absorção do cálcio e sua fixação aos ossos.
Ácido fólico - promove a síntese de cisteína a partir da homocisteína que, uma vez em excesso, altera a formação de colágeno. 
Vitamina C - promove a formação de colágeno.

Parkinson
Tirosina - precursora da dopamina.
Treonina - precursora da glicina, tem ação experimentalmente benéfica em diversas doenças de caráter neurológico. 
Metionina - experimentalmente benéfica.

Próstata
Zinco - a suplementação de zinco diminui o tamanho da próstata e a sintomatologia da hiperplasia benigna da próstata na maioria dos casos. 


    

Paulo Roberto de Carvalho, médico ortomolecular



  
   Direção e Editoria
Irene Serra
irene@riototal.com.br