Ano 13 - Semana 672

Clique aqui e Sorria um pouco mais... 


 

    20 de fevereiro, 2010

Algumas de português...


Um português encontra um pingüim na praia e penalizado leva-o para casa, lhe dá comida e depois telefona para um amigo:
- Encontrei um pingüim e agora não sei o que fazer com ele!
- Por que você não o leva ao zoológico! - sugere o amigo.
- Boa idéia!
No dia seguinte, o amigo encontra o português na rua passeando de mãos dadas com o pingüim.
- E aí, Manoel? Você não ia levar o pingüim ao zoológico, ontem?
- Ora, pois, eu levei! Ele gostou tanto que hoje vou levá-lo ao Playcenter!



O português passava em frente a um chaveiro quando viu uma placa: "Trocam-se segredos".
Parou abruptamente, entrou na loja, olhou para os lados e cochichou para o balconista:
- Eu sou gay, e você?!
 

O assaltante aborda o Manoel no meio da rua.     
- Pare! - grita.     
- Ímpare! - grita de volta o Manoel estendendo três dedos.     
- Mas eu estou te roubando! - explica o assaltante.     
- Então não brinco mais!

 
  Em uma de suas experiências, a Nasa enviou ao espaço três macacos e um português. Todos os dias eles ligavam para passar as coordenadas:     
- Nasa para nave, macaco número 1, configurar painel de controle da espaçonave.
- Configuração efetuada!     
- Macaco número 2 verificar pressurização da espaçonave.     
- Pressurização verificada!     
- Macaco número 3, alinhar a rota da espaçonave.    
- Rota alinhada!
- Astronauta português...
- Já sei, já sei, põe comida pros macacos e não mexe em nada!


O português chegou todo esbaforido naquela empresa que fazia faixas e cartazes e foi logo dizendo:
- Meu cachorrinho se perdeu e eu quero mandar fazer uma faixa bem grande! - Pois não, meu senhor! Quais os dizeres?     
E o português: - Lulu, volte logo! Estou muito triste!


 Perguntaram ao seu Joaquim:
 - Você gosta de mulher com muito seio?
 - Não, para mim dois já bastam.
 

O português recebe uma carta anônima: "Manoel, sinto informar, mas a tua mulher está te traindo com o teu melhor amigo!"     
Indignado ele se dirige ao quarto, abre a gaveta do criado mudo, apanha o seu revolver, vai ate o quintal e dá três tiros no cachorro.

O português vai ao médico:
- Doutor, o senhor precisa me ajudar, pelo amor de Deus! Meu corpo todo esta doendo! Eu aperto a barriga, dói! Aperto o peito, dói! Aperto a perna, dói!
O medico examina o sujeito e conclui:
- Você não tem nada, meu amigo... só um dedo quebrado...  


O português estava dirigindo um caminhão na BR-116, muito tranqüilamente e de repente ele ouve no rádio:
- Atenção, senhores motoristas que estão trafegando pela BR-116. Muito cuidado no trecho entre os quilômetros 235 e 280, tem um louco dirigindo um caminhão na contra-mão!
E o português:
- Um só?! Tem é uma porção!


O Manoel está de férias e vai a um restaurante do Rio com um amigo carioca.
Acabada a refeição, o amigo sentiu que um fiapo de carne ficara preso entre os seus dentes e como não havia palitos sobre a mesa, perguntou:
- Manoel, você usa fio dental?
- Não, de jeito nenhum! Tenho a bunda muito peluda!


Seleção enviada por Regina Mas



Direção e Editoria
IRENE SERRA
irene@riototal.com.br