Ano 18 - Semana 897

 

Crista-de-Galo

Família: Amaranthaceae
Cultivo: Fácil
Altura: 60 cm
Largura: 30 cm
Umidade: Alta
Luminosidade: Pleno sol
Disponibilidade: Fácil

 

CUIDANDO DAS PLANTAS
ARQUIVO



Venha nos visitar
no Facebook.


 

 

 



23 de junho, 2014


Crista-de-Galo

Pyramidalis ou plumosa - Rio Total



As cristas-de-galo originaram-se em regiões tropicais da Ásia e na China. Algumas variedades produzem flores semelhantes a plumas, enquanto outras têm o formato muito parecido com as ondeadas cristas de um galo. Essas espigas florais incomuns e muito vistosas estimularam sua plantação e comércio.



A Celosia argentea é uma especie chinesa da qual derivaram todas as variedades existentes. Atinge cerca de 60 cm de altura e apresenta folhas ligeiramente ásperas, compridas, com nervuras profundas e colorido verde-escuro.

Suas inconfundíveis flores brancas, plumadas, tornam-se eretas ou ligeiramente inclinadas, formando uma planta compacta. Desabrocham desde dezembro até fevereiro.

As diferentes variedades produzem flores de coloração flamejante, variando desde o laranja até o amarelo e vermelho. Essas plantas são vendidas como flores de corte ou em vasos, quando estão florescendo. É fácil seu cultivo a partir de sementes, desde que receba muito calor e esteja em ambiente razoavelmente úmido. Os exemplares tornam-se muito viçosos no momento da floração, fenecendo rapidamente após esse período.




Primavera e verão

Para que a crista-de-galo produza suas flores aveludadas, será necessário uma temperatura mínima de 18°C nesse período. Regue moderadamente, apenas para manter o solo úmido. Evite encharcá-lo, pois poderá causar o apodrecimento das raízes. A planta, porém, precisa de pulverizações de água durante os dias mais quentes e secos.

Adube o exemplar com fertilizante líquido, a partir de novembro, a cada três semanas. Quando começar a florada, fertilize mais vezes. Pare de adubar em janeiro, já que a planta não floresce após fevereiro.

Outono e inverno

Uma vez que as cristas-de-galo são anuais, morrem depois de sua temporada de flores. Isso significa que você não terá tarefas no inverno, a não ser que queria cultivar exemplares a partir de sementes.

Propagação

Semeie em agosto ou setembro, a 2 mm de profundidade, utilizando um bom composto para sementeiras. Não deixe de forrar o recipiente com uma boa camada de seixos ou pedriscos, para drenagem. Mantenha o conjunto úmido, em local parcialmente sombreado, a uma temperatura em torno de 22°C, até a germinação. Quando começarem a despontar, coloque-as sob luz direta. Transplante para vasos individuais quando as mudas atingirem 2,5 a 4 cm de altura. Plante-as deixando o solo umedecido, sem molhar as folhas. Em outubro, comece uma adubação regular.

Celosia - Foto Mario Franco



Problemas & Soluções


Uma planta prostrada e murcha evidencia excesso de água, falta de adubação ou exposição a correntes de ar. Proteja o exemplar, regue-o com regularidade, e adube-o com um bom fertilizante.
Se os pulgões atacarem a planta, extermine-os com uma mistura de partes iguais de água e álcool.


Espécies

Crista de galo - Foto de Vincent Martinez


A partir da espécie Celosia argentea foram conseguidas muitas variedades diferentes. Entre as mais conhecidas encontra-se a variedade Pyramidalis (ou 'Plumosa'), uma das mais vistosas. Originou-se na Ásia tropical e costuma se desenvolver até 90 cm em seu habitat natural. Em interiores, porém, atinge um porte mais baixo e encorpado, variando de 30 a 60 cm de altura. A planta apresenta caule grosso e carnoso e bonitas folhas verdes, ovais, com pontas afiladas. Os caules são eretos e sustentam vistosas espigas florais, coloridas de escarlate, vermelho-amarronzado e amarelo-dourado. Essa inflorescência assume formato de plumas piramidais, compostas por milhares de minúsculas flores sedosas e filiformes, aveludadas ao toque.


cristata - Rio TotalOutra variedade muito popular e vendida como planta de corte é a Cristata. No verão, produz inflorescências carmesins, que se franzem para formar uma interessante crista ondulada, de até 13 cm de largura. Os caules são grossos e carnosos, apresentando folhas verdes ou matizadas de tons bronzeados

Childsii - Rio Total
A Childsii é uma variedade da Índia. Tornou-se o ponto de origem de outras variedades extremamente vistosas, a exemplo da Golden Feather, com flores plumosas amarelo-brilhantes, sustentadas por hastes grossas e carnosas, cujo comprimento varia entre 30 e 45 cm.



Thompsonii - Rio TotalA Thompsonii é uma planta grande e encorpada, com cerca de 60 cm de altura e massas de plumas vermelhas.

Muito usada em canteiros grandes de uma só cor ou em manchas coloridas formando desenhos, a Crista-de-galo tem sido uma das preferidas de verão para parques e empresas.

Para jardineiras e vasos é uma excelente opção junto a piscinas, devido seu efeito ornamental.


Para vasos em sacadas recomenda-se a proteção contra os ventos com outras plantas.

 





Direção e Editoria
IRENE SERRA
irene@riototal.com.br