Baralhada  

Sarita Barros  

Em cada quarto que entro
Outros mil quartos encontro
Num labirinto de espelhos
Minh’alma presa está. 

Cai fio de cabelo
Sou eu que despetalo
Rosa chá multiface
Entrefolhos de luar. 

Sou mulher − tenho fases
Sou lua − faces tenho! 

Entre luas-faces-quartos
As fases da vida encontro
Quais cartas de baralho:
                       Damas-Reis-Valetes
                       (figurasnadamais)
Que se cortam entrecruzam
Entrelaçadas com azes
Nas urdiduras fugazes
Das BUENAS DICHAS da sorte!

                            

(livro “Verso Universo Reverso”, p. 18, Ed. Tchê!, 1998)

Sarita Barros é escritora e produtora cultural