Ano 14 - Semana 735



 ARQUIVO dos
Pontos Turísticos
 


Invista em cultura!



 

          13 de maio, 2011
---

Baixios e Lagoas

Jorge Mitidieri


O Rio de Janeiro, no início de sua fundação, era um terreno de baixios, coberto de mangues, alagadiço, com muitas lagoas e brejos, entre o mar e a montanha, o que se explica o porquê dessas terríveis enchentes que o Rio passou e ainda passa. Aos poucos foram os colonizadores ganhando a planície e aterrando essas lagoas e ganhando espaço.


aterro da lagoa de Sto AntonioA primeira lagoa a ser aterrada foi a de Santo Antônio, que ia até o mar e é hoje o Largo da Carioca. Conta-se que por ocasião da construção do Theatro Municipal, foram encontrados pedaços de uma nau, que possivelmente lá afundou.


A Lagoa do Boqueirão, entre o Castelo e Santa Teresa, que foi aterrada e deu origem ao Passeio Público.

A Lagoa do Desterro, que foi aterrada em 1643, onde é hoje a Rua dos Arcos.

A Lagoa da Sentinela, que recebeu esse nome desde a primeira invasão dos franceses, quando lá foi colocada uma sentinela para avisar novas invasões, na confluência das Ruas Riachuelo, Frei Caneca e Senado – Mangue.

E a Lagoa da Carioca, no Largo do Machado, entre outras.
 

Do livro Contos e Contos de
Jorge Mitidieri
professor e agente de turismo
j.mitidieri@terra.com.br

 

Direitos autorais reservados



Você conhece algo interessante sobre o Rio?
Envie o texto que publicaremos.


Direção e Editoria
IRENE SERRA
irene@riototal.com.br