Ano 9 - Semana 434

 

Dieta adequada é funda-mental para estabilização de doenças renais
Os rins são os respon-sáveis por equilibrar nosso organismo e produzir hor-mônios importantes. Sua falha, seja crônica ou aguda, significa acúmulo de líquidos e toxinas no corpo. Estima-se que mais de 2 milhões de brasilei-ros tenham alguma dis-função renal.
A nutrição, para essas pessoas, é um fator fun-damental para sua qua-lidade de vida. Por isso, além de um nefrologista, esses pacientes requerem o acompanhamento de um nutrólogo. Uma dieta adequada não é capaz de curar os rins, mas certa-mente colabora para es-tabilizar a evolução da doença e a gravidade de seus efeitos colaterais na saúde dessas pessoas.
O consumo de alguns ali-mentos não é recomen-dado, e a falta de outros pode gerar problemas sé-rios. Em geral, deve-se cortar o cigarro e o álcool de todos os pacientes e controlar principalmente o consumo de proteínas, só-dio e líquidos. Cada fase da doença requer uma di-eta especial, com restri-ções e adequações bem específicas.
Doutor Maximo Asinelli (CRM-Pr 13037)


CREMERJ
Praia de Botafogo, 228 Botafogo - CEP: 22359900 Telefone: (21)
2559-0018, 2559-3899
E-mail:
www.cremerj.com.br/



CRO-RJ
R. Araújo Porto Alegre 70, 4º e 5 andar
Castelo - CEP: 20030015
Tel: (21) 2533-7173
www.cro-rj.org.br

 



 

 

 

     23 de julho, 2005
---

O Armário de Medicamentos


armário de medicamentosDoenças simples e acidentes muitas vezes podem ser tratados sem ajuda profissional. Para tanto, deve-se manter em casa alguns medicamentos que podem ser comprados sem receita médica e alguns itens básicos de primeiros socorros.

Cuidados 
Todos os medicamentos e itens de primeiros socorros devem ser guardados em armário reservado exclusivamente para esse uso, em local seguro. Um armário de parede, fora do alcance das crianças, é o ideal. A fechadura deve ser de um tipo que elas não consigam abrir.
Comprimidos, principalmente, não devem ficar espalhados pela casa, pois as crianças podem confundi-los com balas.

Planejamento
Se você estiver se tratando de um acidente ou doença mais séria do que parecia a princípio, talvez precise de ajuda. Portanto, é conveniente fazer uma lista das informações essenciais e anotar, também, os números telefônicos de seu médico, hospital e da farmácia mais próxima, fixando-os na porta do armário de medicamentos.

Um livro de primeiros socorros, contendo todas as explicações sobre as técnicas de emergência básicas, pode também ser útil e deve ser guardado no armário.

Evite a automedicação
Mesmo se seus sintomas forem iguais aos de outra pessoa, nunca use remédios que não foram prescritos para você.

Armazenagem e segurança
Uma série de itens devem sempre fazer parte do armário de remédios em casa. Outros remédios e itens para primeiros socorros podem ser acrescentados, de acordo com as necessidades de cada pessoa.
- Aspirina
- Xarope para tosse
- Pastilhas para garganta
- Medicamentos para picadas de insetos
- Creme e líquido antisséptico
- Medicamentos contra azia e indigestão
- Loção de calamina
- Emplastros
- Ataduras e algodão
- Esparadrapo e bandaid
- Tesoura
- Pinça
- Bandagens esterilizadas
- Colírio
- Livro de primeiros socorros

Frascos originais
Nunca misture medicamentos no frasco. Eles devem ser mantidos em sua embalagem original para que as indicações do rótulo possam ser seguidas.

medicamentoLeia o rótulo
Muitos medicamentos não podem ser tomados por certos grupos de pessoas. Por exemplo, crianças com menos de 12 anos não devem tomar aspirina. Leia sempre o rótulo para verificar as restrições e o prazo de validade.

Feche corretamente as tampas
Aperte bem a tampa da embalagem. Isto preservará o medicamento e evitará que ele seja derramado acidentalmente. A lei exige que muitos medicamentos por via oral tenham tampas que não sejam facilmente abertas por uma criança.

Efeitos prejudiciais do sol
O sol pode provocar a deterioração dos medicamentos e fazê-los perder o efeito. Portanto, mesmo os guardados em frascos opacos, devem ser protegidos da luz solar direta.

Como guardar determinados remédios
Alguns medicamentos devem ser guardados de modo especial, para evitar que se deteriorem ou tornem-se tóxicos. Siga sempre as instruções fornecidas pelo médico ou farmacêutico. Por exemplo, se houver instruções para guardar um remédio na geladeira, não deixe de segui-las, mas tome cuidado para que não congele.

Quando jogar fora os medicamentos
Remédios não duram para sempre. Com o tempo, perdem o efeito ou tornam-se tóxicos. Assim que você perceber qualquer dos sinais abaixo, jogue-os fora:medicamento
- data de validade vencida
- comprimidos com mais de dois anos, rachados, que começaram a se desfazer ou desbotaram
- pomadas ou cremes endurecidos, desbotados, ou que formaram depósitos
- tubos rachados ou com vazamentos
- cápsulas moles, rachadas ou que grudaram umas nas outras
- remédios cujo cheiro mudou
- colírios com recipientes abertos há mais de 28 dias
- líquidos que ficaram espessos ou desbotados

Agulhas
Se você toma algum medicamento injetável, por exemplo, insulina, informe-se sobre como descartar as seringas de modo seguro. Na dúvida, devolva-as à farmácia.



Fonte: Guia da Vida Saudável

 


 

 


    Direção
    IRENE SERRA
     irene@riototal.com.br