Ano 9 - Semana 482

 

MEMÓRIA
Beber suco de maçã pode ser um bom remédio para a falta de memória. Em estudos realizados com animais de laboratório, verificou-se que o poder antioxidante da maçã se mostrou eficaz na prote-ção das células contra o envelhecimento.
Uma equipe de pesquisa-dores da Universidade de Massachusetts concluiu que os animais cobaias mais velhos ao tomarem um concentrado de maçã equivalente a 3 copos diários, diminuíram subs-tancialmente a oxidação cerebral e melhoraram a capacidade de memori-zação, comparados com os que seguiam dieta normal.
Ao contrário, os animais mais novos não se bene-ficiaram com esse tipo de suplementação.
O suco de maçã demons-trou ser eficaz contra os efeitos causados por dieta pobre em vitamina E e ácido fólico.
Os pesquisadores acredi-tam que a causa possa estar relacionada com a quantidade de antioxidan-tes existentes na maçã.

(Journal of Alzheimer´s Disease,  jan.2006)

 


 

24 de junho, 2006
 

Rubens da Silva

DESCOBERTA DE UM NOVO VIVER


Estudantes e amantes do assunto pesquisam, desenham e investigam as cores das hortaliças, frutas, sementes e brotos. Saboreiam o produto das pesquisas entoando antes cânticos em guarani, tradição dos índios que habitaram originalmente o campus da PUC-Rio. É a convivência com o Biochip.

Através desta convivência, as frutas, hortaliças e sementes são transformadas em pigmentos para composições artísticas. Ë um laboratório dinâmico pesquisando a harmonia com a natureza e a memória dos alimentos vivos.

Aprende-se nesse grupo o uso do suco de clorofila, o incrível poder das sementes germinadas e a alimentação viva.

Esta  convivência coloca as pessoas diante de uma nova realidade.

Sendo seres vivos precisamos de ALIMENTOS VIVOS, oferecidos pela natureza para assegurar a vida e o bem estar. São os alimentos biogênicos e bioativos.

A atual alimentação inventada pelo homem para sua comodidade envenenou durante séculos as células com as carnes, laticínios e produtos industrializados.

Vacas, porcos, aves e ovelhas foram transformados em monstros genéticos, em total desprezo pelas leis da natureza.

Este modelo com alimentos biocidas provoca a destruição das florestas para expansão dos pastos alem de contribuir para a degradação da saúde humana.

O organismo acumula toxinas nos intestinos, gordura nas artérias, se acidifica enfraquecendo pouco a pouco o sistema imunológico e abrindo as portas para as doenças da civilização.

A regeneração do corpo se dá com a mudança de atitude diante da vida e um  esforço de desintoxicação.

Dispõe-se do poder curativo da clorofila que é espantoso.

Limpa tudo, retirando toxinas armazenadas por décadas em nosso organismo.

Ajuda o corpo a se alcalinizar.

Ao revitalizar nosso corpo eliminamos doenças como câncer, AIDS, diabetes, etc. A mente fica mais clara, lúcida e intuitiva. Doentes em estado terminal voltaram a desfrutar saúde e alegria de viver.

A professora Ana Branco do Departamento de Artes da Pontifícia Universidade Católica – Rio, mantém este Grupo Aberto de Estudo, Pesquisa e Desenho com modelos vivos.

Acompanha-se fascinado a germinação das sementes cujo potencial alimentício se multiplica por 20.000 vezes possibilitando o crescimento do broto. É uma explosão de vida do alimento biogênico, base ideal da alimentação.

O autor destas linhas, sofrendo de câncer na próstata, teve a  ventura de conviver com o Biochip. Não  abandonou o urologista, pelo contrário, seguiu rigorosamente os procedimentos médicos. Somou os dois tratamentos.

Como calouro do grupo ficou chocado com a afirmação da Ana Branco que deveria agradecer a Deus por ter contraído tal doença.

Passados alguns meses, os exames clínicos constataram que o tumor perdeu toda a malignidade.

A presença do Biochip na cura mudou o seu viver. Descobriu que a doença lhe foi benéfica, purificou o corpo e a mente.

Sente-se grato por ter chegado a mais esta descoberta, aceitando  a doença  como uma mensagem do corpo para restabelecer o equilíbrio.

Sempre que se depara com pessoas aterrorizadas, pois o câncer é uma doença terrível, procura ajudá-las iluminando-as com a esperança de cura.

É um mal que não vem de fora, não é transmissível. É  provocado de forma decisiva pelo estado de espírito, pelo stress, pela mágoa, perda de um ente querido, muitas vezes coadjuvada pelo álcool, tabagismo e outros impactantes exageros negativos da civilização.


Se você é da área médica e quer publicar algum artigo, venha fazer parte da nossa equipe.

 



Direção
IRENE SERRA
irene@riototal.com.br