Ano 9 - Semana 483
 

Foi inaugurado, dia 28/06, no Instituto Nacional de Traumato-Ortopedia, no Rio de Janeiro (RJ), o Centro de Pesquisa em Terapia Celular e Bioengenharia Ortopédica (CTCel), que investirá em estudos relacionados à regeneração óssea com utilização de células-tronco.
Into: Rua Washington Luiz, 61, Centro, Rio de Janeiro (RJ)

 


 

01 de julho, 2006
 

BUSCA PELA BELEZA PEDE CRITÉRIO E CAUTELA


Modificar o nariz, lipoaspirar as gordurinhas ou submeter-se a um lifting facial. Para muitos, a busca pelo corpo perfeito está ligada ao aumento da longevidade pois, se homens e mulheres vivem cada vez mais, é natural desejar que a aparência esteja compatível com o vigor físico e mental. Contudo, profissionais de saúde alertam que há um limite para esses anseios.

Uma primeira reflexão diz respeito às reais motivações de quem procura um cirurgião plástico. Para o médico Wandler de Pádua Filho, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, alguns pacientes estão em busca dos chamados ganhos secundários. "Um implante de 300ml no seio não garante a reconciliação de um casal, assim como uma cirurgia de abdome não é a senha para uma evolução na carreira", destaca o especialista.

De acordo com a psicóloga Clarissa Telles, vivemos hoje em uma sociedade de consumo, na qual a estética surge como fator principal da existência e a ausência de beleza como um drama quase mortal. "A grande diferença é que, no passado, as pessoas não organizavam suas vidas em torno de seus corpos. Atualmente, há uma substituição do bom comportamento pela boa aparência. A indústria da beleza promove o falso êxito de que pode proporcionar tudo. Com isso, muitos perdem oportunidade de viver relações baseadas em verdades, que personalizam e aperfeiçoam indivíduos", diz.

As expectativas dos pacientes merecem grande atenção. E é papel do médico fornecer todas as informações, esclarecendo quais as possibilidades reais no seu caso. "Uma cirurgia facial não traz de volta o rosto da juventude, mas possibilita um ar leve e descansado. Uma lipoaspiração não substitui dieta e exercícios regulares, porém melhora o contorno corporal", esclarece Dr. Wandler. Outro anseio a ser evitado é o referencial externo. "É preciso estar atento para não tentar responder à imposição de estereótipos", alerta Clarissa. "Quando o paciente busca ter o nariz de um modelo, é necessário cautela. Alterar as características radicalmente não é o melhor caminho. O ideal é dar a ele harmonia", afirma o cirurgião plástico.

As técnicas novas são um capítulo à parte. Esse é o caso da bioplastia - conhecida como plástica sem bisturi - que recentemente foi alvo de um parecer do Conselho Federal de Medicina. De acordo com o CFM, a ausência de estudos sobre o comportamento a longo prazo do produto usado é razão suficiente para que os médicos tenham mais cautela na indicação. Para o cirurgião plástico Fausto Bermeo, não é incomum receber no consultório pessoas que optaram pela técnica em substituição à cirurgia de nariz. "Profissionais inexperientes acharam que, por não envolver cortes, seria simples. Só que não basta injetar o produto para se obter um resultado adequado. É necessário conhecimento anatômico e principalmente da função nasal, além de habilidade e experiência", alerta o médico.

Contudo, se a preocupação e os investimentos estéticos ocupam o papel adequado na vida de um indivíduo, podem trazer benefícios. "É uma característica humana a permanente procura pelo aperfeiçoamento - temos potencial ilimitado para o desenvolvimento e a conquista. É certo que, a auto-estima fortalecida gera um impacto positivo. É só estar atento para que a beleza não ocupe o lugar dos valores morais e éticos", finaliza a psicóloga.
BOX

Para Quem Quer se Submeter à Cirurgia Plástica:

● Procure um médico especialista, filiado à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. No site da entidade (www.cirurgiaplastica.org.br) é possível verificar essa informação.

● Evite realizar o procedimento se estiver vivenciando uma situação desafiadora do ponto de vista emocional: a perda de uma pessoa querida, a ruptura de relações valorosas ou uma demissão involuntária.

● Esteja atento à real motivação da busca pela beleza. Uma cirurgia plástica não trará, necessariamente, um ganho secundário, como um casamento mais feliz ou uma promoção no trabalho.

● A operação deve ser precedida de uma criteriosa avaliação clínica e da realização de exames complementares compatíveis com sua faixa etária e o tipo de procedimento. A avaliação pré-cirúrgica é etapa indispensável para sua segurança.

● Observe todas as recomendações médicas para o pós-cirúrgico. Se você acredita que não terá tempo para realizar o repouso necessário, não faça a cirurgia.

● Faça todos os questionamentos necessários antes da cirurgia. Conheça todos os riscos inerentes ao procedimento que deseja realizar, bem como o tempo previsto para duração dos resultados. Expectativas inalcançáveis costumam gerar frustrações.

● A cirurgia plástica estética ou reconstrutora pode causar impacto positivo no bem-estar integral, por fortalecer a auto-estima e a auto-confiança. Para que traga benefícios, deve ser encarada com muita responsabilidade.

 


Se você é da área médica e quer publicar algum artigo, venha fazer parte da nossa equipe.

 



Direção
IRENE SERRA
irene@riototal.com.br