Ano 12 - Semana 597
 


    ARQUIVO


CREMERJ
Praia de Botafogo, 228 Botafogo - CEP: 22359900 Tel: (21) 2559-0018
E-mail:
www.cremerj.com.br/


CRO-RJ
R. Araújo Porto Alegre 70, 4º e 5 andar
Castelo - CEP: 20030015
Tel: (21) 2533-7173
www.cro-rj.org.br



 



 
Atualizado em 05/09/2008
 

EXERCÍCIOS SIM, DOENÇAS RESPIRATÓRIAS NÃO!

 Clima seco dificulta a prática de exercícios físicos e é propício
a doenças respiratórias


Já não é novidade que o clima frio e seco, aliado aos altos índices de poluição que assolam diversas cidades brasileiras causa complicações ao sistema respiratório. Nessas condições, o risco de desenvolver doenças como pneumonias, gripes, sinusites, alergias e resfriados cresce cerca de 25%, segundo a Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo. Para fugir desse problema, alguns cuidados devem ser tomados, sobretudo pelas pessoas que praticam esportes.

O clima seco, frio e a poluição prejudicam a realização de exercícios físicos, principalmente aqueles realizados em lugares abertos ou não climatizados. Esta situação é ainda mais agravante para as pessoas que possuem algum problema respiratório, pois estes fatores provocam o aumento da secreção nas vias respiratórias (inflamação nas vias aéreas), causada pela irritação proveniente de partículas de gases nocivos.

Segundo o professor Rafael Ollitta, devem ser evitados exercícios em ambientes abertos nas horas mais quentes do dia e também aqueles realizados em áreas onde exista um tráfego intenso de veículos. “É recomendado que os exercícios físicos sejam feitos nas primeiras horas da manhã, no final da tarde ou à noite. Além disso, exercícios ao ar livre devem ser realizados em locais que possuam muitas árvores, como parques e praças”, diz o professor.

De acordo com Rafael, exercícios praticados no meio aquático, como natação, hidroginástica e hidro cycle são os mais recomendados nesta situação, pois em um ambiente de piscina a umidade do ar tende a ser maior do que em locais abertos, o que diminui essa constante agressão causada pela poluição ao sistema respiratório.

Tomando alguns cuidados, como aumentar a hidratação com a ingestão de água ou isotônicos, aumentar o consumo de frutas ricas em água como melancia e melão, e evitar a prática de exercícios muito intensos ao ar livre em horas quentes, não é necessário suspender a prática de esportes durante o período de pouca umidade e muita poluição.



    Direção
    IRENE SERRA
     irene@riototal.com.br


Se você é da área médica e quer publicar algum artigo, venha fazer parte da nossa equipe.  Seu artigo será bem recebido em vida-saudavel@riototal.com.br