Ano 16 - Semana 825
 




Por que se preocupar com a frutose?
Frutose é o açúcar das fru-tas que serve biologica-mente para dar sabor do-ce e para acentuar a ri-queza nutricional das mes mas. Entretanto, se utili zarmos frutose como ado çante de bebidas, por exemplo, este tipo de açú car contribui para o aumen to calórico e, conforme muitos trabalhos científi cos, contribui para au mento de peso ao invés do contrario, conforme muitos pensam.
É importante saber que o uso dietético da frutose como adoçante também aumenta os riscos de do enças cardio-vasculares as sim como é uma das causas conhecidas de de pósito de gordura no fígado (esteatose hepáti ca).
Esta informação deve ser levada muito a serio princi palmente por sabermos que muitas pessoas têm o habito de consumirem bar ras de cereais com fre quencia, com a finalidade de manterem equilíbrio do peso, não é mesmo? Pois bem, então saiba que essas barrinhas, na sua maioria, são adoçadas com frutose.

(Dr. Vaisman)

 


CREMERJ
Praia de Botafogo, 228 Botafogo - CEP: 22359900 Telefone: (21)
2559-0018, 2559-3899
E-mail:
www.cremerj.com.br/



CRO-RJ
R. Araújo Porto Alegre 70, 4º e 5 andar
Castelo - CEP: 20030015
Tel: (21) 2533-7173
www.cro-rj.org.br

 

 

    01 de fevereiro, 2013
---

Tamanho Não é Documento

Keila Oliveira


 


Em resposta à grande quantidade de emails que recebo sobre o tema, venho mais uma vez falar sobre os mitos na sexualidade masculina, mais especificamente sobre o tamanho do amigo "falo"!

É sem dúvida a angústia de muitos homens, uns por serem pequenos, outros por temerem ser pequenos e uns tantos outros por quererem ser maiores do que são.

O fato é que pênis muito grande igual àqueles de filmes pornôs são difíceis de se encontrar por aí.

Grande parte das mulheres preferem excelentes preliminares do que um membro avantajado. Inclusive porque existem pesquisas que apontam que um número muito elevado de mulheres não conseguem ter orgasmo por penetração e sim por estimulação clitoriana. Outras tantas mulheres também sentem dor quando o pênis é muito grande.

Falando mais seriamente, menos de 20% das mulheres se satisfazem com relação apenas por penetração e um número ainda menor relata sentir prazer com um gigantão.

Outro ponto é também em torno do sexo oral, até facilita para uma mulher fazer sexo oral num pequenino do que num grandalhão! Concordam?

O ponto central que colocam os homens em questão em relação ao próprio membro perpassam questões culturais, emocionais e de senso comum. Os gregos inclusive admiravam os pênis pequenos e isto está comprovado nas esculturas da época.

Os homens precisam aprender a serem mais criativos na cama e nas preliminares e se preocuparem menos com tamanho e tempo de ereção.

Sexo não é só penetração e tamanho não é documento que autentique masculinidade ou virilidade. Precisamos acreditar mais no jargão que diz "antes um pequeno brincalhão do que um grande bobalhão!" 

Não posso encerrar este assunto alertando para as falsas promessas de aumento peniano e cirurgias que fazem milagres. Acessórios que estimulam o crescimento, remédios e etc. Existem profissionais que mesmo qualificados para determinados assuntos, prometem mais do que o que realmente podem cumprir. Muito Cuidado!
 

Segue abaixo uma tabela de pesquisa brasileira sobre o tema:

 

Percentil

Comprimento

Circunferência

2,5%

10,5

9,5

5,0%

12

10

10,0%

12,5

10,5

25,0%

13,5

11,5

50,0%

14,5

12,5

75,0%

15,5

13,5

90,0%

16,5

14

95,0%

17

14,5

97,5%

17,5

15

FONTE: Eduardo Pagani, Liberato J. A. Di Dio, 2002

 

OBS A tabela deve ser consultada como segue: um paciente com pênis de 16,5 cm de comprimento ocupará o percentil de 90%. Isto significa que seu pênis será mais comprido do que 90% dos homens brasileiros e mais curto do que 10%. Os percentis 2,5% e 97,5% podem ser considerados os extremos mínimo e máximo da normalidade, respectivamente.

Keila Oliveira é psicóloga e terapeuta Sexual
www.sexologia-clinica.com


 

 



Seu artigo será bem recebido em riototal@riototal.com.br

Direção
IRENE SERRA
irene@riototal.com.br