Ano 22 - Semana 1.137 

 

 
   
ARQUIVO

 

 



CREMERJ
Praia de Botafogo, 228 Botafogo - CEP: 22359900 Telefone: (21)
2559-0018, 2559-3899
E-mail:
www.cremerj.com.br/
 


CRO-RJ
R. Araújo Porto Alegre 70, 4º e 5 andar
Castelo - CEP: 20030-015
Tel: (21) 2533-7173
www.cro-rj.org.br
 

 

 

 

Se você é da área médica e quer publicar algum artigo, venha fazer parte da nossa equipe.


class=



16 de agosto, 2019

O Perigo da Rápida Perda de Peso


Se o excesso de gordura promove cálculos biliares, a solução lógica é perder peso. Mas há um paradoxo nisso: uma das formas mais certas de estimular o aparecimento de cálculos biliares é a perda rápida de peso.

Vários estudos mostram que a perda rápida de peso através de dietas com baixo teor de gordura e poucas calorias(abaixo de 600 calorias e menos de 3 gramas de gordura por dia) pode causar cálculos biliares em até 50% das pessoas que a almejam. O risco é maior nos indivíduos mais obesos e nos que perdem peso mais rapidamente.

Mas, segundo Steven Heymsfield, M.D., do Centro de Pesquisa sobre Obesidade do Hospital St. Lukes-Roosevelt, em Nova York, é possível superar alguns desses riscos incluindo em cada refeição 5g a 10g de gordura vegetal. Você pode acrescentar algumas colheres de chá de azeite à sua dieta diariamente.

Essa gordura é necessária para estimular a vesícula biliar a esvaziar totalmente a bílis, pelo menos uma vez por dia, retardando o aparecimento de cálculos biliares.

Segundo o Dr. Heymsfield, quando a ingestão de gordura é drasticamente reduzida, diminui a frequência das contrações da vesícula biliar para expelir a bílis no intestino. Assim, a quantidade de bílis aumenta e pode provocar a formação de cálculos biliares.

Especialistas acham que não é seguro perder mais do que um a dois quilos por semana.



Fonte: "Food - YourMiracle Medicine", de Jean Carper


 


Direção e Editoria
IRENE SERRA
irene@riototal.com.br