Ano 11 - Semana 570


 

 

     01 de março, 2008
---

Filtro Melitta 

 

A senhora Melitta Bentz, ocasionalmente recebia queixas de seu marido quanto ao gosto do café servido, que variava muito e às vezes tinha até gosto de mofo. Analisando o problema, ela chegou à conclusão de que o causador deveria ser o coador de pano. Ele deixava passar partículas de pó que causavam uma desagradável sensação ao tomar café, e por ser usado inúmeras vezes, continha resíduos dos cafés já feitos anteriormente, que se impregnavam no pano alterando o sabor da bebida.

Com a visão lógica de uma dona de casa, a senhora Melitta partiu para a solução. No fundo de uma caneca de latão fez vários furos, recortou um pedaço redondo de mata-borrão e usou-o para cobrir o fundo da mesma. O resultado foi o primeiro Filtro Melitta do mundo. Um café mais gostoso, com sabor sempre igual e agradável de se tomar, entrou para a história.

Tudo isso aconteceu no ano de 1908, em Dresden, uma pequena cidade do norte da Alemanha.

A história da Melitta no Brasil começa em 1968, no bairro de Santo Amaro, em São Paulo. A Melitta ingressa no País onde o cafezinho e o coador de pano fazem parte da cultura nacional. O conhecido pioneirismo da empresa iniciava-se com a introdução do Filtro de Papel Melitta no mercado - com papel filtrante importado - junto ao porta-filtros de plástico Melitta. Os hábitos começaram a mudar.
 

Enviado por Helga Szmuk

 

 



Editoria: Irene Serra
irene@riototal.com.br