Ano 22 - Semana 1.133



Arquivo
Você Sabia?

 

 


 



16 de julho, 2019
Unhas pintadas

 


Há 4 mil anos, no sul da Babilônia, já se pintavam as unhas, inclusive com implantes de ouro sólido nas unhas dos pés e das mãos.

Manuscritos de dinastias chinesas, datados de 3 mil anos a.C., descrevem o costume de pintar as unhas, em que as mulheres utilizavam uma mistura de clara de ovo, cera de abelha, gelatina e pétalas de flores.

As cores variavam de acordo com a classe social: sendo o vermelho e o preto da realeza.

Cleópatra, por exemplo, preferia um tom marrom-escuro.

Acredita-se que os comandantes militares do Império Romano e do Antigo Egito costumavam pintá-las antes de sair para as batalhas mais decisivas. Nessas ocasiões utilizavam uma henna avermelhada.

Na década de 20, graças à francesa Michelle Ménard, o esmalte tornou-se cosmético e logo seu uso se propagou. Na década de 30, já estava disponível no mercado varejista.

A criação do esmalte, como o conhecemos hoje, foi inspirada nas tintas para carros.

 

 

 

 




 




Direção e Editoria
IRENE SERRA
irene@riototal.com.br